Início Notícias Entusiasta de criptomoedas embarca no desafio de “21 dias apenas com Bitcoin”

Entusiasta de criptomoedas embarca no desafio de “21 dias apenas com Bitcoin”

473
0
Entusiasta de criptomoedas embarca no desafio de

Um artigo publicado pela agência de notícias News BTC mostrou que apesar da repressão às criptomoedas determinada pela China, uma entusiasta chinesa deste universo embarcou recentemente em uma jornada de 21 dias para sobreviver apenas com um pequeno estoque de Bitcoin.

21 dias, 0,21 Bitcoin

Não há ninguém tão comprometido com o ecossistema das criptomoedas quanto a defensora da chinesa He You Bing que, recentemente, foi às ruas da China para seu desafio de 21 dias demonstrando o do uso do Bitcoin no dia-a-dia. Por mais estranho que pareça, a parte “You Bing” de seu nome é coloquialmente usada como um insulto, uma vez que os dois termos chineses podem ser lidos como “uma dor de cabeça”, enquanto seu nome inteiro, como coloca a TechCrunch, faz alusão ao seu “super entusiasmo por Bitcoin”.

Independentemente, como publicou o iQiyi, um site equivalente ao Netflix na China, He You Bing deve sobreviver por 21 dias com apenas 0,21 Bitcoin, ou US$1.350 no momento da escrita, com suas regras auto-impostas ditando que ela não poderia ter nada no início do desafio, exceto seu telefone. O objetivo inicial era que ela obtivesse uma quantidade suficiente de comida, alojamento adequado e as necessidades básicas, tudo por meio de uma carteira Bitcoin em seu telefone, tudo isso estando em Pequim e Shenzhen, duas metrópoles em expansão na costa leste da China.

E embora o desafio tenha chegando ao fim agora, é interessante relembrar sua experiência única, porém reveladora.

No início, a entusiasta deparou-se com alguns problemas, para dizer o mínimo, com quase todos os fornecedores que ela abordou, revelando que eles não aceitam Bitcoin ou outras criptomoedas em geral, nem entendem o conceito do que elas são e para que servem.

Além disso, a sua primeira vitória, por assim dizer, nem sequer foi relacionada com o Bitcoin, uma vez que encontrou uma bicicleta de aluguel desbloqueada que costumava percorrer em torno de Pequim. Como tal, ela teve que sobreviver com pacotes de ketchup e amostras de produtos de supermercado, enquanto dormia em um restaurante de fast food em seu primeiro dia na selva de concreto.

Surpreendentemente, os julgamentos e as atribulações do primeiro dia não melhoraram seu segundo e terceiro dia, de fato, pode-se argumentar que esses dias acabaram sendo muito piores, pois ela acabou no hospital por falta de nutrição e uma doença de estômago por frutas passadas e sobras de hambúrguer. Mas à medida que a história de He You Bing ganhou força na intranet chinesa, outros entusiastas como ela começaram a juntar-se à sua causa, com mais de 3 mil pessoas formando grupos no WeChat para apoiar Bing.

Após a formação desses grupos, a “vida Bitcoin” de Bing tornou-se algo parecido com um sonho, já que os 3.000 apoiadores acima mencionados começaram a oferecer seus suprimentos em troca de BTC, enquanto a ajudavam a encontrar lugares que aceitassem ativos digitais. Com essa ajuda, ela comprou passagens de trem, estadias em hotéis e suas refeições, tudo com Bitcoin.

Embora o desafio provavelmente tenha se desviado de seu plano inicial, o apoio que ela recebeu mostra que a comunidade chinesa de criptomoedas está mais forte do que nunca, mesmo diante de reguladores pesados ​​e regras e políticas severas que visam conter o uso e o desenvolvimento deste ecossistema.

Mas, independentemente disso, ainda há um caminho a percorrer, pois apesar de seus partidários escolherem lojas amigáveis ​​ao Bitcoin, mais de 99% das pessoas que ela abordou provavelmente pensaram que ela era uma lunática quando mencionou o Bitcoin, também chamado de “dinheiro da internet” em alguns círculos. Então, talvez devêssemos dar um passo para trás e não apenas focar no desafio de Bing, mas também observar que ainda há muitas pessoas em todo o mundo que ainda precisam saber o que são as criptomoedas.

COMPARTILHAR
Publicitária, planejadora estratégica e entusiasta do universo cripto. Confia nas mudanças que a tecnologia irá trazer para a sociedade.