Início Entrevista Entrevista exclusiva com representante da empresa que lançará a ICO do Cruzeiro/RS

Entrevista exclusiva com representante da empresa que lançará a ICO do Cruzeiro/RS

636
1
Entrevista exclusiva com representante da empresa que lançará a ICO do Cruzeiro/RS

O Criptomoedas Fácil entrou em contato com Roger Ilha, líder de estratégia da Iconic, empresa fundada em Porto Alegre que tem o objetivo de fomentar a oferta de criptoativos através de uma plataforma de negociação em blockchain, que falou mais sobre a empresa e também sobre a oferta inicial de moeda (ICO, na sigla em inglês) lançada pelo clube de futebol Cruzeiro RS de Porto Alegre.

Segundo Roger, a Iconic surgiu como uma plataforma que visa gerar um ambiente de segurança para a realização de ICOs – a própria empresa está com a sua ICO aberta até o final de maio.

“A nossa proposta de negócio é bem clara: construir um ambiente saudável que auxilie toda a indústria a evoluir e amadurecer. É importante destacar que nesse momento nossa própria ICO está sendo realizada como uma alternativa para levantar fundos para acelerar novos projetos, como o próprio Cruzeiro OS”, afirmou.

Sobre a ICO do Cruzeiro/RS, Roger explicou que o projeto foi desenvolvido pela Iconic desde o início, contando com a parceria da atual gestão do clube – que desejava encontrar formas originais de conduzir os projetos e o futuro do clube.

“Sabíamos da necessidade do clube e da visão que o Cruzeiro historicamente tem. Dentro da Iconic temos uma área que chamamos de Iconic Blockchain Labs, aqui ajudamos empresas que já identificaram o potencial da tecnologia descentralizada e querem utilizá-la dentro de suas operações, mas que ainda não possuem o conhecimento necessário para interagir com a blockchain. A Iconic Blockchain Labs desenhou um modelo de negócios para o Cruzeiro para oferecer uma forma de crescimento sem precedentes para um clube de futebol pequeno, ao mesmo tempo que estamos oferecendo contrapartidas importantes que justifiquem os investidores a participarem da captação.”

Criptomoedas Fácil: Olá, Roger. Podemos começar falando de como surgiu a ideia de criação do CROS?

Roger Ilha: Como já detalhado acima, sabíamos da demanda do Cruzeiro e começamos a debater a possibilidade de criar não apenas uma forma de finalizar a sua Arena, mas buscar uma oportunidade para dar um salto e criar alternativas para um clube tradicional mas com seu mercado limitado a um universo bem pequeno. O Cruzeiro Open Source vai buscar inovar na interação do torcedor/usuário com o clube, só que tudo isso sustentado por um modelo de desenvolvimento profissional (treinador, executivo, atletas) que buscará trazer valores pessoais ao clube não só no curto, como no longo prazo. No fim das contas é isso que vai embasar e tornar viável o sucesso do Cruzeiro Open Source.

CF: O token já está sendo negociado em alguma exchange? O clube tem planos para isso?

Roger: Não, apenas foi feito um anúncio do projeto, ainda não divulgamos a ICO. A oferta será realizada no início do segundo semestre. Após a ICO certamente os tokens serão negociados no aftermarket.

CF: Quais serão as principais utilidades do token?

Roger: É um ponto que será detalhado com a divulgação completa da ICO e seu detalhamento.

CF: Quais direitos e deveres os detentores dos tokens terão?

Roger: Algo que já posso adiantar: o algoritmo do aplicativo considerará decisões anteriores dos usuários para dar peso aos votos. Ou seja, com isso inibiremos decisões absurdas e haverá incentivo à participação coerente e progressão no aplicativo.

CF: Como está sendo a adesão dos sócios e torcedores do clube à essa iniciativa?

Roger: Ótima, algo que impressionou a nós e a própria diretoria do Cruzeiro. É um clube antigo, muitos dos seus torcedores têm mais idade, mesmo assim foi consenso que há a necessidade recorrente de se reinventar e buscar alternativas para crescer. Hoje, o Cruzeiro vive como outros clubes pequenos e médios no Brasil, dependendo de seu pequeno universo de público, de rendas de TV e um desempenho em campo que surpreenda. Queremos mexer na estrutura do clube e do futebol não apenas oferecendo uma interatividade inédita, mas o projeto é abrangente, pensa em toda estrutura esportiva, de pessoal e de relacionamento com seu mercado local (Cachoeirinha) e o novo mercado que se abrirá (usuários do mundo inteiro).

CF: Em que estágio está o lançamento do token e quais são os próximos passos?

Roger: Em algumas semanas começaremos a expor com mais intensidade o projeto e o detalhamento do mesmo. A oferta será realizada no início do segundo semestre de 2018.

Siga o Criptomoedas Fácil no InstagramCLIQUE AQUI !!!