Início Notícias Empresa de segurança diz que pode encontrar o “atacante” do Ethereum Classic...

Empresa de segurança diz que pode encontrar o “atacante” do Ethereum Classic com ajuda de exchanges

138
0
Empresa de segurança diz que pode encontrar o

A empresa de segurança SlowMist, com sede na China, afirmou que tem evidências suficientes para localizar o culpado pelos recentes ataques em cadeia ao Ethereum Classic, conforme mostra o artigo publicado pela Coindesk.

Em um artigo do Medium, publicado nesta quarta-feira, 09 de janeiro, a SlowMist resumiu a maior parte de sua análise sobre o Ethereum Classic, especificando os três endereços de carteira e quatro hashes de transação que lançaram os ataques de reordenação de blocos de dois dias na rede. A empresa também corroborou as informações divulgadas pela exchange norte-americana Coinbase.

Tanto a SlowMist quanto a Coinbase disseram que ocorreram duplas despesas como resultado da reorganização de bloco, com a SlowMist afirmando que um total de sete transações foram retiradas da rede e 54.200 ETC (quase US$270.000) passaram uma segunda vez.

Afirmando que esses ataques começaram já no sábado, 05 de janeiro, às 19:58 UTC, a empresa ressalta que ataques parecidos na rede agora pararam, com o último documentado ocorrendo na terça-feira, 08 de janeiro, às 4:30 UTC.

A SlowMist disse ainda que ainda está procurando descobrir onde exatamente os endereços identificados estão localizados, o que a empresa disse que pode ser deduzido “se as exchanges relevantes estiverem dispostas a ajudar”.

Falando com a CoinDesk, a SlowMist identificou Gate.io, Bitrue e Binance como as exchanges com as quais eles querem trabalhar para localizar o invasor.

Tanto a Gate.io quanto a Bitrue emitiram declarações públicas em suas contas oficiais no Twitter, reivindicando 40.000 ETC e 13.000 ETC em gastos duplos em suas respectivas plataformas de câmbio.

Os desenvolvedores do Ethereum Classic estão trabalhando em estreita colaboração com a equipe da SlowMist para identificar a origem desses ataques e se reuniram ontem, 09 de janeiro, para discutir itens ​​a seguir em frente.

Antes desta reunião, desenvolvedores do Ethereum Classic tuitaram um resumo das prioridades atuais para a comunidade, enfatizando que “não vamos reordenar a cadeia ou reverter os eventos na cadeia sob nenhuma circunstância”.

Compre e Venda Bitcoin, Ethereum, Litecoin e Decred de maneira simples, rápida e segura !!CLIQUE AQUI