Início Notícias Empresa de auditoria PwC dá conselhos a outro projeto de stablecoin

Empresa de auditoria PwC dá conselhos a outro projeto de stablecoin

203
0
Empresa de auditoria PwC dá conselhos a outro projeto de stablecoin

Segundo o artigo publicado pela agência de notícias Coindesk, a divisão de Hong Kong da empresa global de contabilidade, consultoria e auditoria PwC está explorando as melhores práticas para a emissão de stablecoins (criptomoedas baseadas em moedas fiduciárias), como parte de uma iniciativa com a Fundação Loopring, sem fins lucrativos.

Anunciado nesta terça-feira, 06 de novembro, o estudo da PwC em Hong Kong sobre stablecoins segue uma parceria da PwC nos EUA para assessorar a plataforma de empréstimos descentralizada Cred, que está trabalhando em uma moeda norte-americana.

As stablecoins têm sido assunto frequente entre diversas empresas, como por exemplo a Circle, que emitiu o token USDC suportado em dólares e que está disponível para negociação na importante exchange norte-americana Coinbase, e até mesmo grandes players, como a IBM.

Além disso, o fervor atual por stablecoins parece ter coincidido com uma crise que envolveu o Tether, emissora da stablecoin USDT, após longas dúvidas sobre suas reservas em dólar.

“Há uma necessidade de maior confiança”, disse William Gee, líder de tecnologia de garantia de risco da PwC na China e em Hong Hong. “Então, estamos perguntando como as coisas ficariam dentro de um contexto regulado; quais são os padrões, protocolos, melhores práticas e como eles se encaixam?”

A Fundação Loopring, que conduz protocolos de exchanges descentralizadas, disse que o envolvimento da PwC ajudará em sua própria busca por transparência em torno da criação e gerenciamento de ofertas de stablecoins e de tokens de títulos.

“O nível de segurança e auditoria habilitado pelo Protocolo Loopring desempenhará um papel essencial em aplicações de tecnologia”, disse Daniel Wang, fundador da Fundação Loopring, em um comunicado.

Auditar? Não tão simples

Um interesse contínuo nessa área por parte de uma empresa como a PwC parece levantar a questão: as auditorias terceirizadas realizadas por grandes e importantes empresas de auditoria não seriam o próximo passo lógico?

“Estamos, obviamente, olhando para esta área. Assim acontece com todas as grandes empresas. Eu diria até mesmo além das Big Four”, disse Gee, que apontou que a PwC foi nomeada como auditora da Tezos, uma das primeiras ICOs bem sucedidas.

Mas em relação às stablecoins em particular, a ausência de padrões reconhecidos ou mesmo uma abordagem regulatória de base significa que atualmente estamos olhando para “um cenário muito diverso”, disse Gee, acrescentando:

“Isso pode parecer uma pergunta muito simples da comunidade de criptomoedas, mas os auditores estão no negócio público de confiança, operando sob um conjunto de padrões muito robusto, então não é uma pergunta simples que podemos realmente dar uma resposta da noite para o dia.”

COMPARTILHAR
Publicitária, planejadora estratégica e entusiasta do universo cripto. Confia nas mudanças que a tecnologia irá trazer para a sociedade.
Siga o Criptomoedas Fácil no InstagramCLIQUE AQUI !!!