Recentemente, temos ouvido muitas histórias dos países islâmicos estarem abrindo-se para a tecnologia das criptomoedas, o que poderia levar seus mercados a outros patamares. A última novidade é que Sheikh Mohammed bin Rashid, vice-presidente e primeiro-ministro dos Emirados Árabes Unidos, e governante de Dubai , lançou o “UAE Blockchain Strategy 2021” com o objetivo de tornar a confederação de monarquias líder mundial na adoção da tecnologia blockchain, segundo reportagem da agência de notícias local Dubai Media Office.

Durante o lançamento do ‘UAE Blockchain Strategy 2021’, Sheikh Mohammed bin Rashid disse que a adoção da blockchain apoiaria a preparação do governo para desafios futuros e economizaria quase US$3 bilhões que o governo gasta anualmente na circulação de documentos. Além disso, ele estimou que a adoção da tecnologia economizaria milhões de horas de trabalho, reduziria os documentos do governo em 389 milhões e economizaria 1,6 bilhão de quilômetros gastos.

“A adoção desta tecnologia refletirá na qualidade de vida nos UAE e aumentará os níveis de felicidade dos cidadãos. 50% das transações governamentais a nível federal serão conduzidas usando a tecnologia blockchain até 2021 (…) Essa tecnologia economizará tempo, esforço e recursos e permitirá que os indivíduos realizem a maioria de suas transações de maneira oportuna, adaptada ao seu estilo de vida e trabalho.”

A estratégia baseia-se em quatro princípios fundamentais, concentrando-se na “felicidade dos cidadãos e residentes, eficiência do governo, legislação avançada e empreendedorismo global”. O governo dos Emirados Árabes Unidos pretende investir em “cursos, eventos, workshops e relatórios para construir sua posição na blockchain” e “apoiar a educação universitária especializada no campo e assuntos relacionados, como criptomoedas”.

loading...
COMPARTILHAR
Toda honra e Glória pertencem a Deus sempre. Publicitário e Produtor Cultural. Entusiasta de tudo aquilo que o Estado não consegue controlar. Abaixo aos muros, que se construa janelas para o amanhã