Início Notícias Economista norte-americano diz que as criptomoedas são mais centralizadas que a Coreia...

Economista norte-americano diz que as criptomoedas são mais centralizadas que a Coreia do Norte

349
1
Economista norte-americano diz que as criptomoedas são mais centralizadas que a Coreia do Norte

Em um tuíte publicado em 07 de outubro, o economista norte-americano Nouriel Roubini afirmou que as criptomoedas são mais centralizadas do que a Coreia do Norte.

Segundo o artigo publicado pela Cointelegraph, o professor da Universidade de Nova York, Roubini, mais conhecido como “Dr. Doom” por sua suposta previsão da crise financeira de 2008, criticou repetidas vezes as alegações de que a descentralização da criptomoeda existe.

Em seu tuíte, o economista formado em Harvard repetiu novamente seu argumento, desta vez chamando a descentralização das criptomoedas de “mito” e provocativamente comparando o fenômeno à Coreia do Norte:

“A descentralização nas criptomoedas é um mito. É um sistema mais centralizado que a Coreia do Norte: os mineradores são centralizados, as exchanges são centralizadas, os desenvolvedores são ditadores centralizados (Buterin é ‘ditador vitalício’) e o coeficiente de desigualdade Gini do Bitcoin é pior que o da Coreia do Norte.”

O chamado índice de Gini é uma medida de distribuição, frequentemente usada para avaliar a desigualdade econômica em um determinado país ou região. Roubini continuou sua comparação em outro tuíte alguns minutos depois, alegando que, desta vez, mais especificamente, o coeficiente de desigualdade do Bitcoin (BTC) era o pior do mundo:

“Mineradores, exchanges, desenvolvedores são centralizados […] o coeficiente de desigualdade do BTC é pior do que a Coreia do Norte, que tem a pior desigualdade da Terra. As criptomoedas ultrapassam Kim Jong-un em relação à centralização e desigualdade.”