Início Blockchain Desenvolvedor nomeia-se o verdadeiro autor da Monalisa de Leonardo da Vinci na...

Desenvolvedor nomeia-se o verdadeiro autor da Monalisa de Leonardo da Vinci na blockchain

827
0
Desenvolvedor nomeia-se o verdadeiro autor da Monalisa de Leonardo da Vinci na blockchain

A obra de arte Mona Lisa, também conhecida como a “A Gioconda”, é um dos quadros mais famosos da história, uma das principais atrações do Museu do Louvre, localizado na França, e possui uma história particular cheia de mistérios, ficção e ataques, já tendo sido roubada por um empregado do museu (na época, o pintor espanhol Pablo Picasso foi preso acusado de ser o ladrão da obra).

Agora a obra, talvez a mais importante de Leonardo Da Vinci, possui um “novo autor”. O crítico e entusiasta da tecnologia blockchain Terence Eden criou uma plataforma em blockchain para registro de autenticidade de obras de arte e incluiu, em seus registros, ele mesmo como sendo o verdadeiro autor da obra renascentista e não mais o italiano Leonardo Da Vinci.

verisart

Em seu blog, Eden conta como enganou a plataforma Verisart, que busca registrar e fornecer certificados de autenticidade para obras de arte por meio da blockchain do Bitcoin, e conseguiu um certificado confirmando que ele foi o verdadeiro autor da pintura. Para isso, Eden somente preencheu e completou detalhes na plataforma, não houve qualquer ação hacker ou ataque, ele apenas seguiu os procedimentos de registro requeridos pela plataforma e, assim, simplesmente, tornou-se o verdadeiro autor da Mona Lisa.

Ainda hoje, mesmo depois da fraude revelada, Eden continua a ser o autor oficial da Mona Lisa no sistema, um “fato” que está permanentemente gravado na imutável blockchain do Bitcoin, demonstrando que as aplicações em blockchain que pretendem fornecer um certificado realmente válido para o complicado mercado de arte ainda tem muito a ser aprimorado.

“E se eu vender um falso e manter o original no meu cofre subterrâneo? Não há como anexar permanentemente um certificado digital à uma obra de arte física. Aliás, este é o problema com todas as startups que afirmam que a blockchain irá revolucionar a integridade dos mercados logísticos globais. Claro, você pode colocar um QR code em uma caixa – mas nada impede que um intermediário inescrupuloso substitua ou adultere o conteúdo da caixa”, argumenta Eden.

Siga o Criptomoedas Fácil no InstagramCLIQUE AQUI !!!