Início Notícias Dados da Blockchain revelam o que pode ter influenciado queda do Bitcoin...

Dados da Blockchain revelam o que pode ter influenciado queda do Bitcoin nos últimos meses

1181
0

Nobuaki Kobayashi, administrador da MT Gox, antiga corretora de criptomoedas japonesa, vendeu meio bilhão em Bitcoin e Bitcoin Cash entre dezembro de 2017 e fevereiro de 2018, conforme revelado nesta última quarta-feira, 07 de março. Acredita-se que tais vendas tenham influenciado para a queda de preço da moeda digital no mesmo período.

Para contextualizar, por volta de 2013, o Bitcoin despontou como grande inovação. A Mt.Gox, corretora de criptomoedas localizada em Tóquio, capital do Japão, possuía 70% do volume global de negociações de Bitcoin. No entanto, a Mt.Gox encerrou suas atividades quando descobriu que tinha sofrido um ataque hacker. Aproximadamente 850 mil Bitcoins, no valor de cerca de US$ 450 milhões na época, foram presumivelmente roubados. Mark Karpeles, presidente da corretora de criptomoedas, foi preso no Japão sob a acusação de fraude e desfalque, e a notícia reverberou por todo o país. Desde então os fundos recolhidos ficaram sob custódia do administrador Nobuaki Kobayashi, conforme relatado pela Coindesk.

De acordo com o Trustnodes, site de notícias especializado no universo cripto, a análise de dados da blockchain sugere que as datas das vendas tem correlação considerável com os momentos de queda do preço do Bitcoin, dentro dos períodos de dezembro a fevereiro.

Os endereços de Bitcoin da MT Gox são bem conhecidos, os quais detetives de blockchain gastaram meses analisando. Um desses endereços mostra que 2 mil bitcoins que estavam sob a posse de Kobayashi foram movidos no dia 18 de dezembro. Neste mesmo dia, o preço do Bitcoin que era US$19 mil, caiu rapidamente para US$18 mil e continuou a cair nos dias seguintes.

No dia 22 de dezembro, o administrador transferiu 6 mil Bitcoins e consequentemente, ou coincidentemente, o preço do Bitcoin caiu novamente de cerca de US$16 mil para US$10.800.

Depois disso, parece que Kobayashi deu um tempo para o mercado se recuperar, e então, no dia 17 de janeiro, vendeu mais 8 mil Bitcoins, fazendo com que o mercado sofresse uma forte queda novamente.

Em 31 de janeiro o administrador dos Bitcoins da Mt Gox vendeu mais 6 mil unidades da moeda digital, mas uma maior parte foi liquidada no dia 05 de fevereiro, um total de 18 mil Bitcoins.

Esse histórico sugere que Kobayashi vendeu tudo em corretoras de criptomoedas, fazendo, talvez, com que o preço da moeda digital caísse cerca de 75%.

É claro que a queda de preço pode ter sido causada por outros motivos, porém essas vendas parecem de fato terem afetado a cotação da moeda digital, afinal a venda de meio bilhão teria exercido uma pressão significativa sobre o seu preço. Isso significa que pela quarta vez a Mt Gox afeta o Bitcoin.

COMPARTILHAR
Publicitária, planejadora estratégica e entusiasta do universo cripto. Confia nas mudanças que a tecnologia irá trazer para a sociedade.
Siga o Criptomoedas Fácil no InstagramCLIQUE AQUI !!!