Início Notícias “Crypto Valley” suíço busca aumentar a participação feminina em seu conselho

“Crypto Valley” suíço busca aumentar a participação feminina em seu conselho

193
0

A participação feminina no mercado de criptomoedas sempre foi tema de debates, especialmente com o aumento do interesse das mulheres em investir no Bitcoin e em outros ativos digitais. Entretanto, ainda existem muitos desafios para a inclusão feminina no mercado. Para superar esses desafios, um dos principais pólos de inovação do mundo pretende aumentar a participação das mulheres em suas ações.

A Associação Suíça do Crypto Valley (CVA, na sigla em inglês), que faz parte do chamado “Crypto Valley” do país, anunciou o lançamento de uma iniciativa destinada a aumentar o número de mulheres em seu conselho em uma luta contra a falta de diversidade no setor.

O portal de notícias Crypto News Review informou que o primeiro passo do conselho foi a inclusão de duas integrantes do sexo feminino entre os seus membros, visando criar um ambiente mais inclusivo.

Leanne Abapo Senn, membro da força-tarefa de diversidade do Crypto Valley, falou sobre a iniciativa:

“Nosso desejo é criar um espaço que seja adequado a todos, em vez de apenas nos unir ao antigo ‘clube de meninos’ junto com seus companheiros. Nosso principal objetivo é incluir mais mulheres no Crypto Valley e, assim, criar um ecossistema mais forte e inclusivo.”

A CVA foi criada em 2017 e inicialmente recebeu mais de 1 mil membros, que incluíam empresas relacionadas a blockchain, advogados, consultores e muito mais. O “Crypto Valley” do título refere-se à região da cidade de Zug, na Suíça.

Este movimento mais recente, no entanto, abordou um problema generalizado no espaço da blockchain e da tecnologia em geral. Abapo Senn, por exemplo, estava insatisfeito com o processo eleitoral mais recente, dizendo:

“Considerando que praticamente todos os membros da CVA têm contas em mídias sociais, teria sido fácil dar mais publicidade a este importante processo.”

Uma declaração sobre o recrutamento de duas mulheres para o conselho afirmou que “[isso] servirá para fortalecer a Associação por meio de uma diversidade de perspectivas, experiências e habilidades”.

“As duas novas membros do conselho preencherão papéis semelhantes aos dos atuais membros, incluindo co-presidentes dos grupos de trabalho da CVA, recebendo delegações internacionais, interagindo com outras organizações suíças e internacionais, apresentando a CVA e o Crypto Valley em eventos externos e apoiando as iniciativas locais e internacionais da Associação.”

loading...