Início Notícias Crypto Valley Labs quer promover blockchain na Europa e na Ásia a...

Crypto Valley Labs quer promover blockchain na Europa e na Ásia a partir da Suíça

404
0
Crypto Valley Labs quer promover blockchain na Europa e na Ásia a partir da Suíça

Durante nossa missão na Europa, conhecendo o ecossistema suíço, tivemos a oportunidade de visitar o Crypto Valley Labs, um hub de inovação localizado em Zug, inaugurado este ano e presidido por Oliver Bussmann, um dos membros da Fundação IOTA.

O espaço, também conhecido como Genesis Hub, é fruto de uma parceria entre a empresa de capital de risco Lakeside Partners, Blockhaus, que trabalha com soluções em blockchain e a empresa MME, que, assim como o Trust Square, em Zurique, tem como objetivo servir de base para startups que trabalham com criptomoedas e com a tecnologia da cadeia de blocos, bem como para empresas de outros setores interessados ​​em conectar-se com essas empresas de blockchain. Entretanto, diferente de seu parceiro no Centro de Zurique, aqui em Zug, o Genesis Hub tem espaço para cerca de 30 equipes.

A Singular DTV, que possui alguns brasileiros em sua equipe, é um dos membros fundadores do Hub, que inclui também outros grandes projetos como Bancor, Eherisc e Melonport. Assim como em Zurique, as vagas também já estão escassas, tendo em vista que várias empresas locais, como Grunder Law, Fineac Treuhand e Brand Leadership Circle, já aderiram ao espaço.

“Equipes talentosas podem estar em todos os lugares do mundo, mas as ideias só ganham vida quando as pessoas se reúnem e se alimentam em termos de criatividade umas às outras. Realmente é preciso um ecossistema forte para fazer algo grande acontecer”, explica Mathias Ruch, sócio-gerente da Lakeside Partners.

Outra diferença entre o hub de Zug e os outros na Suíça é que a proposta do Crypto Valley Labs é fazer do país o ponto central para uma ampliação para outras nações da Europa, como Londres e Amsterdã, além disso, uma unidade em Hong Kong também está sendo planejada.

Aqui, assim como em Zurique, as equipes que operam no laboratório obtêm acesso à uma variedade de serviços, incluindo suporte de marketing, jurídico e de desenvolvimento, além das mesas compartilhadas e do espaço do escritório, bem como das instalações residenciais anexas.

“Com a Crypto Valley Association, estamos promovendo mais do que uma região: fundamos uma associação global como base para as empresas mais inovadoras e avançadas do setor, fortalecendo ainda mais a posição da Suíça como um importante centro de inovação neste setor. As tecnologias e negócios relacionados à blockchain e às criptomoedas são a onda do futuro”, disse Oliver Bussmann, presidente da associação e ex-CEO do banco UBS e um dos membros da Fundação IOTA.

COMPARTILHAR
Toda honra e Glória pertencem a Deus sempre. Publicitário e Produtor Cultural. Entusiasta de tudo aquilo que o Estado não consegue controlar. Abaixo aos muros, que se construa janelas para o amanhã
Siga o Criptomoedas Fácil no InstagramCLIQUE AQUI !!!