Início Notícias Cripto Radar: as principais notícias de 28 de novembro de 2017

Cripto Radar: as principais notícias de 28 de novembro de 2017

873
0

Confira algumas das notícias mais importantes que circularam pelos veículos nacionais e internacionais:

Maior corretora de criptomoedas japonesa anuncia expansão de sua operação para os EUA

A bitFlyer, corretora de criptomoedas japonesa, anunciou nesta terça-feira, 28 de novembro, que está expandindo suas operações para os Estados Unidos e já possui aprovação para atuar em 41 estados. Isso incluir a aprovação regulatório em Nova York do “BitLicense”, do Departamento de Serviços Financeiros dos estados, que atualmente existem apenas  outras cinco corretoras de moedas digitais. Para comparação, a Coinbase tem aprovação para operar em 38 estados (incluindo Washington, D.C) e a Gemini está operando em 46 estados (incluindo Washington, DC). A corretora é, de longe, a maior do Japão, negociando cerca de US$180 milhões de Bitcoin por dia.

5 razões porque o Bitcoin será o investimento mais rentável de 2018

2017 foi um ano agitado para o Bitcoin. Enquanto alguns afirmam que a moeda digital está em uma bolha financeira, outros acreditam no seu potencial e apostam que o seu preço poderá chegar em até US$55 mil nos próximos cinco anos. Com base em sua experiência no universo das criptomoedas, Chris Kline, fundador do Bitcoin IRA, primeiro programa de aposentadoria com criptomoedas dos Estados Unidos, escreveu um artigo para a Forbes, revista norte-americana sobre negócios e economia, sobre os motivos pelos quais ele acredita que o Bitcoin será o investimento mais rentável de 2018.

Primeiro ministro da Coreia do Sul alerta que o Bitcoin poderia levar crianças à atividades ilegais

Lee Nal-yeon, primeiro ministro da Coreia do Sul, alertou que a crescente especulação sobre o Bitcoin poderia levar as crianças a entrarem para o crime, como tráfico de drogas ou esquemas de pirâmides. “Existem casos de jovens coreanos, ainda estudantes, que querem ganhar dinheiro rápido e moedas digitais são usadas em atividades ilegais”, disse ele, de acordo com o artigo publicado pela CNBC. O líder sul-coreano convocou as agências governamentais, como o Ministério da Justiça, para analisar a questão. “Isso pode provocar distorções graves ou fenômenos patológicos sociais se não forem atendidos”, disse Lee.

Especialista do mercado de finanças diz que o Bitcoin poderia facilmente atingir US$40 mil em 2018

Em tempos de recordes de preço do Bitcoin, Michael Novogratz, antigo gerente do fundo de investimentos multimercado Fortress, disse nesta segunda-feira, 28 de novembro, durante o programa de televisão Fast Money, da CNBC, que a moeda digital poderia valer quatro vezes mais até o final de 2018. “O Bitcoin poderia facilmente valer US$40 mil até o final de 2018”, disse. “O Ethereum, que acabou de atingir ou está perto de atingir US$500, poderia valer três vezes mais”, acrescentou. O Ethereum é a segunda moeda digital de capital aberto no mercado e atingiu um recorde de US$493,40 em 28 de novembro, de acordo com dados do site CoinMarketCap.

Mercado de criptomoedas está apenas aguardando o novo recorde de preço do Bitcoin

O Bitcoin está muito próximo de bater um novo recorde. Em algumas corretoras de criptomoedas asiáticas esse preço de US$10 mil já foi alcançado, porém a média ponderada global das corretoras como Bitstamp, GDAX, Bitfinex e outras ainda não chegou nesse valor. O volume de negociação de Bitcoin está extremamente elevado, nas últimas 24 horas foram mais de US$5,9 bilhões negociados pelo mundo. O site de notícias News Bitcoin entrevistou Charles Hayter, CEO do Cryptocompare, site de dados e análises de criptomoedas, que explicou que “normalmente, o Bitcoin luta para ultrapassar números redondos, como vimos nos US$3 mil, US$5 mil e US$7.500”. “Os futuros do CME, bem como as perspectivas da ETF, continuarão a estimular a demanda por Bitcoin”, completou Hayter.

Siga o Criptomoedas Fácil no InstagramCLIQUE AQUI !!!