Início Notícias Cripto Radar: as principais notícias de 27 de fevereiro de 2018

Cripto Radar: as principais notícias de 27 de fevereiro de 2018

455
0

Confira algumas das notícias mais importantes que circularam pelos veículos nacionais e internacionais:

Deputados retomam trabalhos sobre regulação de criptomoedas no Brasil

O mês de fevereiro chegará ao fim com novidades envolvendo a política brasileira e as criptomoedas. A Câmara dos Deputados divulgou nesta segunda-feira, 26 de fevereiro, a data, horário e pauta da próxima reunião da Comissão Especial que discute a regulamentação das criptomoedas e das milhas aéreas. A pauta da reunião envolve a análise e deliberação de nove requerimentos de audiências públicas. Os temas de cada um deles são variados: há desde requerimentos sobre a discussão da Blockchain e criptomoedas como novas fontes de pagamentos até a discussão sobre um Sistema Nacional de Ativos Digitais. O requerimento 20 também é digno de destaque, pois discute a recente nota do Banco Central que alertou sobre os riscos de guarda e negociação das criptomoedas.

Estado norte-americano quer ser o Vale do Silício da Blockchain

O Vale do Silício, localizado no estado da Califórnia, pode ser o centro da inovação tecnológica norte-americana, porém o Wyoming, estado da região montanhosa dos EUA, quer ser o centro da inovação em blockchain nos país do Tio Sam. Neste mês, a Câmara dos Deputados de Wyoming votou, por unanimidade, para aprovar dois projetos de leis relacionados à blockchain, um sobre token e outro sobre bitcoin. Esses projetos de lei foram direcionados ao Senado do estado de Wyoming e os legisladores estão convidados a votar em mais três projetos de lei relacionados à blockchain nas próximas semanas, totalizando cinco projetos de lei envolvendo blockchain em discussão.

Fundador da Apple tem sete Bitcoins roubados

Steve Wozniak, co-fundador da Apple, diz ter sido vítima de uma fraude na qual alguns de seus Bitcoins foram roubados. Wozniak disse que comprou Bitcoin quando ainda valia US$700, porém a sua perda recente era avaliada em aproximadamente US$71.400, conforme a cotação atual da criptomoeda. Apesar disso, Wozniak ainda é um defensor da criptomoedas, tendo mantido suas participações em Bitcoin até o final do ano passado. “Bitcoin para mim era uma moeda que não era manipulada pelos governos. É matemática, é pura, não pode ser alterada”, disse ele.

Menino de 11 anos escreve um livro para ajudar as pessoas a entenderem o Bitcoin

Como a maioria dos alunos do sexto ano, Andrew Courey geralmente está praticando esportes e brincando com seu iPhone, quando não está na escola. Porém, ao contrário da maioria dos outros garotos de 11 anos, ele também é um especialista em Bitcoin. Courey é o autor de “Early Bird Gets The Bitcoin: The Ultimate Guide To Everything About Bitcoin”, que ele mesmo publicou no Amazon Kindle em janeiro deste ano. O e-book custa US$2,99, e a versão física custa US$9,99. Filho de um investidor de tecnologia, Courey, que adora matemática, estava pesquisando oportunidades de investimento como parte de um plano ambicioso para ganhar US$20 milhões aos 14 anos. Dessa forma, o garoto encontrou o Bitcoin e começou a ler histórias e assistir vídeos sobre a tecnologia. Saiba mais.

Gigante do e-commerce na China cria programa para estimular startups de blockchain

A JD.com, uma das maiores plataformas de e-commerce da China, está lançando um programa de aceleração para promover o desenvolvimento de startups com foco em blockchain. De acordo com um anúncio feito nesta terça-feira, 27 de fevereiro, o programa visa incubar as startups envolvidas com blockchain, ajudando-as a escalar seus aplicativos através de integrações com as várias empresas da JD.com na China, incluindo comércio eletrônico e logística. A JD.com disse que já se inscreveu pelo menos quatro startups relacionadas à tecnologia, da China, Austrália, Cingapura e Reino Unido. até agora, para iniciar a o programa. As empresas cobrem uma ampla gama de serviços, desde banco de dados até plataformas de pagamento e identificação.