Início Notícias Cripto Radar: as principais notícias de 26 de abril de 2018

Cripto Radar: as principais notícias de 26 de abril de 2018

561
0

Confira algumas das notícias mais importantes que circularam pelos veículos nacionais e internacionais:

USP realiza workshop gratuito sobre a tecnologia blockchain

Blockchains: um estudo científico das plataformas e tecnologias é o tema do workshop que a Escola Politécnica (Poli) da USP, Universidade de São Paulo, realizará nesta sexta, dia 27 de abril. Os interessados devem se cadastrar gratuitamente pela plataforma Sympla e preencher um formulário. O evento será realizado das 8 às 12 horas no anfiteatro do prédio de Engenharia Elétrica da Poli, na Av. Prof. Luciano Gualberto, 380, no campus da USP na Cidade Universitária, em São Paulo-SP. O curso oferecido pela Poli é dividido em quatro partes: Elementos históricos, Bitcoin, o grande case, Evoluções e taxonomia atual e Estado do mercado e grandes questionamentos.

Preço do Bitcoin arrisca recuo mais profundo depois de cair abaixo de US$9 mil

Depois de uma queda noturna, o preço do Bitcoin parece ter encontrado aceitação abaixo de US$9 mil e corre o risco de um recuo mais profundo, indicam os gráficos técnicos. A criptomoeda atingiu a maior baixa desta semana chegando a valer US$8.652 na Bitfinex no início do dia de hoje, 26 de abril. A queda de 10% em relação à alta semanal de US$9.767 na quarta-feira, 25 de abril, neutralizou a perspectiva de alta imediata. Além disso, a falha em manter-se acima dos níveis técnicos principais – descendente (tendenciosa) média móvel de 100 dias (MA) de US$9.126 e o dobro do declínio de reversão de baixa de US$9.280 – será desencorajadora para os investidores.

Caroline Wozniacki torna-se embaixadora de aplicativo baseado em blockchain

Caroline Wozniacki, famosa tenista dinamarquesa, tornou-se embaixadora global do aplicativo de blockchain Lympo, que motiva as pessoas a se exercitarem e serem saudáveis. A tenista, que venceu o Aberto da Austrália este ano, irá promover os benefícios do aplicativo através de suas redes sociais e participará de campanhas promocionais pela empresa. Ainda que milhões de pessoas possam registrar seus dados de condicionamento físico e bem-estar em várias atividades de corrida, exercícios, dieta, meditação, acompanhamento do sono em outros aplicativos, os usuários não podem agregar, compartilhar ou gerar receita com esses dados. A Lympo utiliza a tecnologia blockchain (que permite, através de técnicas criptográficas, agilização de transações complexas) e recompensa os usuários que cumprem seus objetivos, como por exemplo, correr 5 km por semana.

BBVA emite empréstimo corporativo usando blockchain

O BBVA da Espanha tornou-se o primeiro banco global a emitir um empréstimo usando a tecnologia de contabilidade distribuída que sustenta as criptomoedas e tem o potencial de revolucionar os processos bancários. O banco informou que realizou todo o processo para um empréstimo corporativo de 75 milhões de euros – desde a negociação até a assinatura do empréstimo – em um livro de registros de distribuição mútua que manteve o banco e o mutuário atualizados sobre o progresso do empréstimo. O processo reduziu o tempo de negociação para o empréstimo de “dias para horas” e o BBVA o elogiou como “avanço significativo na exploração da tecnologia [de contabilidade distribuída] não apenas no setor bancário, mas na forma como blockchains privados e públicos podem interagir.

Monex, proprietária da Coincheck, planeja blockchain proprietária

A Monex Group, corretora online sediada no Japão que recentemente adquiriu a Coincheck, disse que está de olho no desenvolvimento de sua própria plataforma blockchain, com uma oferta inicial de moedas a ser realizada em breve. Em seu último registro financeiro, datado de 26 de abril, a empresa, que também tem divisões nos EUA e na Ásia-Pacífico, disse que seu braço japonês liderará os investimentos planejados em blockchain. Monex afirmou: “O segmento do Japão usará a tecnologia blockchain com o objetivo de executar toda a negociação de produtos financeiros e todas as transações financeiras com segurança e baixo custo. Criar nossa própria blockchain e ICO estão no escopo.”

Siga o Criptomoedas Fácil no InstagramCLIQUE AQUI !!!