Início Notícias Cripto Radar: as principais notícias de 24 de janeiro de 2018

Cripto Radar: as principais notícias de 24 de janeiro de 2018

546
0

Confira algumas das notícias mais importantes que circularam pelos veículos nacionais e internacionais:

Mania de hard forks do Bitcoin pode resultar em 50 novas moedas

De acordo com Lex Sokolin, diretor global de estratégia da Autonomous Research, fornecedor independente de pesquisa de empresas financeiras por todo o mundo, outros 50 novos hard forks poderão acontecer na rede do Bitcoin somente neste ano. Durante 2017, ocorreram 19 bifurcação na rede da moeda digital. A quantidade de hard forks previsto poderia ser ainda maior, de acordo com um artigo publicado pela Fortune, revista norte-americana. O Forkgen é um site que permite que qualquer pessoa com habilidades de programação mínimas lancem um “clone” do Bitcoin.

Foxbit cria mesa de bitcoin para grandes clientes

A corretora de moedas virtuais Foxbit está montando um mesa para lidar com grandes volumes, diante do crescente interesse de grandes investidores no Brasil por bitcoin e outras criptomoedas, disse um executivo da companhia à Reuters. “Investidores de grande porte, inclusive bancos, estão olhando para bitcoin como alternativa para diversificação de portfólio”, disse João Canhada, presidente e fundador da Foxbit. Guilherme Rebane, ex-trader de ações do BTG Pactual, foi contratado para tocar o negócio. Segundo Canhada, o movimento da Foxbit reflete a crescente procura internacional por ativos não vulneráveis aos riscos das instituições financeiras, que administram a maior parte dos recursos em fundos de investimentos.

Coreia do Sul multa corretoras de criptomoedas por falhas de privacidade

Nesta quarta-feira, 24 de janeiro, o governo sul-coreano emitiu multas no valor total de US$130 mil para contra as corretoras de criptomoedas por fornecerem insuficiente proteção de informações de usuários. Em um anúncio público, a Comissão de Comunicações da Coreia (KCC, na sigla em inglês) disse que a penalidade é resultado de uma investigação que a agência realizou de 10 a 28 de outubro em 2017 em 10 corretoras de criptomoedas. Lançada como uma agência de nível nacional, a KCC é responsável por regular o setor de radiodifusão e telecomunicações, bem como a proteção de informações do cidadão. Entre as 10 empresas pesquisadas, oito foram encontradas violando a Lei de Rede de Informação e Comunicação, que exige métodos de proteção de privacidade do usuário.

Gigante de tecnologia japonesa lança chip de mineração de criptomoedas inovador

A GMO Internet Inc, a principal fabricante de tecnologia para internet do Japão, entrou há pouco tempo na indústria de hardware de mineração de moedas digitais. A gigante japonesa, anunciou recentemente ter completo com sucesso o desenvolvimento de um novo chip semicondutor para a sua próxima geração de mineradores de criptomoedas. A empresa descreveu o desenvolvimento inovador como uma passo significativo para o aprimoramento ainda maior do processo de mineração de Bitcoin e outras moedas digitais.

Presidente de banco suíço diz que o preço do Bitcoin será corrigido consideravelmente

Axel Weber, presidente do Grupo UBS, banco suíço, diz que a empresa na qual é líder não comercializará Bitcoin, uma vez que uma maior regulamentação poderá levar à uma queda maciça no preço da moeda digital. “Isso é algo cujo preço ainda não está claro”, disse Weber em uma entrevista nesta quarta-feira, 24 de janeiro. “Tememos que, no futuro, se esses investimentos implodirem e o mercado for corrigido, nossos investidores se questionem e pensem: quem nos vendeu isso?”, completou.

Siga o Criptomoedas Fácil no InstagramCLIQUE AQUI !!!