Início Notícias Cripto Radar: as principais notícias de 24 de abril de 2018

Cripto Radar: as principais notícias de 24 de abril de 2018

584
0

Confira algumas das notícias mais importantes que circularam pelos veículos nacionais e internacionais:

Bitcoin reúne micro e pequeno empreendedor no Brasil

O entusiasmo em torno do Bitcoin está muito longe de gerar negócios milionários para os empreendedores que apostaram na criptomoeda. Um levantamento feito pela brasileira BigData Corp mapeou cem empresas constituídas no Brasil que têm como negócio principal atividades relacionadas ao Bitcoin – apenas três delas têm faturamento anual entre R$500 mil e R$1 milhão. E 41% faturam até R$250 mil por ano. Na verdade, a criptomoeda vem atraindo principalmente microempreendedores individuais (MEI) e empresas de pequeno porte. Juntas, as empresas individuais de responsabilidade limitada, as cadastradas no Simples Nacional e os MEI, respondem por 79% do total pesquisado.

O Bitcoin substituirá o ouro como reserva de valor?

Pode a Bitcoin igualar ou mesmo substituir o ouro como um refúgio seguro da flutuação da moeda fiduciária e dos mercados instáveis de ações e títulos? Alguns especialistas vêem um futuro onde isso acontecerá. Confira.

Empresa de telecom da Coreia do Sul vai construir blockchain para identidade e troca de ativos

A SK Telecom, empresa da Coreia do Sul, está lançando uma plataforma baseada em blockchain para autenticar as identidades dos clientes durante o ano. De acordo com um relatório da ZDNet publicado nesta terça-feira, 24 de abril, a gigante das telecomunicações – uma subsidiária do SK Group, um dos maiores conglomerados familiares da Coreia do Sul – está desenvolvendo o novo sistema para agilizar as assinaturas de usuários e os processos de pagamento. Oh Se-hyeon, chefe da unidade de blockchain da empresa, disse que a plataforma será capaz de transmitir ativos e dados não financeiros, além de ajudar a trazer confiança e transparência aos serviços da empresa.

Depois de baixar mais de 60% desde a última alta, preço do Bitcoin mostra sinais de vida

Depois de baixar mais de 60% desde a alta de dezembro até a baixa de fevereiro, o preço do bitcoin está mostrando sinais de vida. A criptomoeda viu seu preço subir cerca de 35% desde que caiu para abaixo de US$6.900 em 5 de fevereiro. Após a baixa de 5 de fevereiro, o presidente da Blue Line Futures, Bill Baruch, disse à “Trading Nation” da CNBC que o Bitcoin subiria para US$10 mil. Naquela época, o Bitcoin estava sendo negociado em torno de US$7.200. Na manhã desta terça-feira, 24 de abril, o Bitcoin estava sendo negociado acima de US$9.200, representando um aumento de aproximadamente 28% desde aquela época.

Bolsa Cboe quer reduzir os preços de seus futuros de Bitcoin

A Cboe quer mudar a forma como precifica os contratos futuros de Bitcoin, um movimento que ocorre há apenas alguns meses, desde que o operador de câmbio estreou seu produto inaugural de criptomoeda. Em uma carta recém-publicada à Comissão de Futuros e Commodities dos Estados Unidos (CFTC, na sigla em inglês), datada de 17 de abril, o diretor executivo da CBOE Future Exchange (CFE) Matthew McFarland anunciou uma emenda de regra proposta que reduziria o incremento mínimo em seus contratos futuros de 10 pontos (US$10) para 5 pontos (no valor de US$5) em algum momento depois de 1º de maio. A medida terá um “impacto positivo no mercado de futuros XBT”, escreveu McFarland.

Siga o Criptomoedas Fácil no InstagramCLIQUE AQUI !!!