Início Notícias Cripto Radar: as principais notícias de 21 de março de 2018

Cripto Radar: as principais notícias de 21 de março de 2018

548
0
THe Snapchat app is seen on an iPhone on 10 May, 2017. Snap inc, Snapchats parent company recently announced it will allow users to make Snaps of indefinite length, a feature some say beats the point of the application. (Photo by Jaap Arriens/NurPhoto via Getty Images)

Confira algumas das notícias mais importantes que circularam pelos veículos nacionais e internacionais:

A “tokenomic” da Ásia parece estar a todo vapor

Os negociantes de criptoativos do extremo oriente estão sofrendo com uma regulação severa mas, ainda assim, a região parece destemida, pelo menos se tivermos a a conferência Token 2049 em Hong Kong como parâmetro. De fato, no primeiro dia do evento, 20 de março, não havia muita evidência de que o chamado “inverno criptográfico” estivesse sendo discutido no oeste. Na verdade, o movimento “tokenomics” parece estar em boas condições na China, mesmo com a proibição total de ICOs e negociação em exchanges. Isso não quer dizer que o mercado não tenha sido afetado, no entanto. Pelo contrário, uma das grandes preocupações que o governo chinês tinha em relação às ICOs era como os tokens poderiam facilitar a lavagem de dinheiro e, desde a proibição, houve muita atividade ilegal envolvendo-as no país. Saiba mais.

Blockchain vai revolucionar o mundo, entrevista com Greg Medcraft da OCDE no G20

O Criptomoedas Fácil, com apoio da corretora de criptomoedas Braziliex, esteve presente nas reuniões do G20, que ocorreram nos dias 19 e 20 de março, na Argentina. A OCDE, Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico, foi um dos principais órgãos internacionais a debater, juntamente com os ministros, o tema criptomoedas. Greg Medcraft, responsável pela diretoria financeira da instituição, concedeu uma entrevista exclusiva ao Criptomoedas Fácil, na qual falou sobre as propostas da instituição, Lighting Network e outros assuntos. Confira!

Snapchat confirma o banimento de anúncios relacionados às ICOs

O Snapchat acabou de se tornar o mais recente gigante da mídia social a banir anúncios de ofertas iniciais de moedas (ICOs, na sigla em inglês). Um blog norte-americano informou nesta semana que a empresa está silenciosamente implementando a política desde fevereiro, restringindo apenas propagandas de vendas de tokens, enquanto continuará permitindo as relacionadas às criptomoedas mais genericamente. Quando questionado pela CoinDesk, um representante da empresa confirmou que o Snapchat está de fato proibindo anúncios de ICOs, mas não comentou se planeja expandir a proibição para outras atividades de criptomoedas. Até agora, porém, a postura da empresa é relativamente branda em comparação com outras gigantes da mídia social.

Primeiro governador do banco central da China em quinze anos que gosta de Bitcoin

O Banco Popular da China, banco central do país, tem um novo governador, o primeiro em 15 anos. Seu nome é Yi Gang e, a julgar pelos comentários anteriores que o homem de 60 anos fez, ele está perfeitamente satisfeito com as criptomoedas. Sua posição positiva em relação ao Bitcoin e outros criptoativos é um bom presságio para o futuro deles na China. Saiba mais.

Everipedia, a rival da Wikipedia, planeja lançamento de token para junho

A startup de enciclopédias descentralizadas Everipedia planeja distribuir seus tokens ainda este ano. Em um anúncio publicado nesta terça-feira, 20 de março, a concorrente da Wikipedia disse que seus tokens IQ farão parte de um programa de incentivo, que premiará os usuários que melhoram os artigos na plataforma, curando informações ou editando peças previamente publicadas. A startup usará a ferramenta genesis da rede EOS para distribuir os tokens. Para resgatar, os membros da Everipedia devem registrar seus tokens EOS existentes na startup. Qualquer usuário que comprar tokens EOS até junho de 2018 estará qualificado para receber os tokens IQ, de acordo com o release.