Início Notícias Cripto Radar: as principais notícias de 20 de fevereiro de 2018

Cripto Radar: as principais notícias de 20 de fevereiro de 2018

696
1

Confira algumas das notícias mais importantes que circularam pelos veículos nacionais e internacionais:

Preço do Bitcoin está próximo de alcançar os US$12 mil novamente

Após o Bitcoin voltar a ser cotado acima dos US$11 mil no início desta semana, nesta manhã de terça-feira, 20 de fevereiro, o preço da moeda digital chegou novamente próximo aos US$12 mil, apresentando a cotação de US$11.702, de acordo com dados da CoinMarketCap. Até o fechamento deste artigo, o Bitcoin era cotado a US$11.550. No Brasil, o mercado acompanhou o mercado internacional e também viu o preço do Bitcoin retomar parte do valor perdido na correção ocorrida no início do ano, com a cotação da moeda digital quase alcançando a faixa dos R$38 mil (R$37.917) na manhã desta terça-feira. Conforme dados da Bravenewcoin, até o fechamento deste artigo, o preço do Bitcoin era de R$37.712.

Conheça novo site brasileiro que compara os preços do Bitcoin nas exchanges

O cenário indica que o Bitcoin estará cada vez mais presente no cotidiano dos brasileiros. Atento à essa situação e com a intenção de ampliar seu leque de serviços, o MelhorCâmbio.com, comparador de cotações de moedas estrangeiras, agora também irá comparar o preço da criptomoeda nas doze maiores exchanges do país. A nova ferramenta compara a cotação de um Bitcoin com valores atualizados a cada minuto, facilitando a vida de quem está interessado em comprar a moeda virtual. “O objetivo é facilitar a vida do usuário, para que não seja necessário pesquisar em cada exchange para saber qual oferece as melhores condições”, diz Alexandre Monteiro, sócio da startup. Além do Bitcoin, também está disponível a cotação do Litecoin.

Steven Seagel é embaixador de criptomoeda duvidosa

A estrela dos filmes de ação Steven Seagal tornou-se embaixador da marca de uma controversa criptomoeda. Uma declaração publicada na conta no Twitter de Seagal confirmou a notícia, cujo anúncio foi publicado no site oficial do “Bitcoiin”. O apoio do ator aconteceu mais de um mês antes da criptomoeda, que se autodenomina como o “Bitcoiin de segunda geração”, estar pronta para ser vendida. A criptomoeda em questão é baseada na blockchain do Ethereum e também possui um componente de mineração através de uma parceria com uma empresa chamada Dragon Mining. O projeto possui um programa de recompensas para aqueles que impulsionam o interesse dos investidores antes da sua venda oficial, chamando a atenção para esquemas de investimento como o OneCoin e o BitConnect, ambos acusados ??de constituir esquemas de pirâmide.

Litecoin Cash valoriza 675% nas primeiras 24 horas de negociação

O Litecoin Cash levantou vôo na Yobit, corretora de criptomoedas russa, nas primeiras horas desta segunda-feira, 19 de fevereiro, onde foi avaliado em cerca de US$1,20 por token. Desde então, o preço subiu atingindo a máxima de US$9,28, o que representa um aumento de mais de 675% nas primeiras 24 horas de negociação. Durante as últimas 12 horas o preço do novo ativo digital sofreu uma leve correção e passou a ser cotado a US$7,6. De acordo com a Yobit, o volume de negociação da criptomoeda nas últimas 24 horas era de mais de US$4,2 milhões (até o fechamento deste artigo). Esse volume ultrapassa moedas digitais como Bytecoin, Rchain, Electroneum, Maker e Decred, todas as quais estão no top 50 com uma capacidade de mercado superior a US$500 mil.

Empresa israelense de Bitcoin afirma que os bancos do país não deixam abrir contas

Uma empresa israelense que foi criada em janeiro teve seu negócio rejeitado por todos os bancos do país e agora está processando-os. Sem uma conta bancária, a corretora de criptomoedas de Israel não seria capaz de receber legalmente transferências de moedas fiduciárias de clientes, efetivamente impedindo que ela inicie as operações. Saiba mais.