Início Notícias Cripto Radar: as principais notícias de 15 de março de 2018

Cripto Radar: as principais notícias de 15 de março de 2018

436
0

Confira algumas das notícias mais importantes que circularam pelos veículos nacionais e internacionais:

Banco central do Taiwan diz que a especulação assumiu o papel original das criptomoedas

O novo governador do banco central do Taiwan disse que a especulação assumiu o papel original da criptomoeda como uma ferramenta de pagamento. No início deste ano, enquanto ainda estava no cargo de vice-chefe do banco central, Yang Chin-long indicou que o banco central do país havia iniciado a avaliação dos benefícios e desafios de uma criptomoeda emitida pelo banco central. No entanto, nas respostas aos legisladores em uma reunião ocorrida nesta quinta-feira, 15 de março, ele argumentou que as criptomoedas não estão cumprindo a função inicialmente prevista nos pagamentos. Embora elas “tenham querido ir nessa direção”, as criptomoedas tornaram-se um commodity com extrema volatilidade devido à especulação do mercado, disse ele.

Preço do Bitcoin cai para menos de US$8 mil durante primeiras horas do dia

O preço do Bitcoin já teve dias melhores. Nesta manhã de quinta-feira, 15 de março, a cotação da moeda digital chegou abaixo dos US$8 mil, de acordo com dados da ferramenta Coinmarketcap. Durante as primeiras horas do dia, um Bitcoin chegou a valer US$7.783, ultrapassando o preço mais baixo registrado para a moeda digital desde 11 de fevereiro, quando ela valia US$7.845. No Brasil, no mesmo período, o preço da criptomoeda registrou R$26.150, conforme dados da Bravenewcoin. Até o fechamento deste artigo, a cotação do Bitcoin era de US$8.287 na média internacional, e no Brasil era de R$27.940.

Coreia do Sul invade três corretoras de criptomoedas por suspeita de roubo

Promotores sul-coreanos invadiram três corretoras de criptomoedas nesta semana por suspeitas de que os funcionários pudessem ter desviado fundos das contas de clientes. A equipe das exchanges, incluindo executivos, é suspeita de roubo de dinheiro de contas de clientes para posterior uso na compra de criptomoedas em outras corretoras, relatou uma agência de notícias local. O Ministério Público do Distrito Sul de Seul, capital da Coreia do Sul, teria confiscado hardwares, celulares e documentos na busca de provas.

Funcionário do estado da Flórida é preso minerando criptomoedas

Esta semana, um funcionário do governo trabalhando para o Departamento de Citrus da Flórida (FDoC, na sigla em inglês) foi preso por ter minerado criptomoedas usando os computadores do departamento. De acordo com os agentes do Departamento de Direito da Flórida (FDLE, na sigla em inglês), o gerente de TI extraiu Bitcoin, Litecoin e outras moedas digitais. Saiba mais.

Startup lança a primeira versão de aplicação da tecnologia Lightning Network

Uma versão da tão antecipada Lightning Network do Bitcoin está finalmente pronta para usuários reais. Anunciado nesta quinta-feira, 15 de março, Lightning Labs, startup da Califórnia, EUA, lançou oficialmente uma versão beta do seu software (LND), disponibilizando o que os investidores e as lideranças do projeto dizem que é a primeira versão completamente testada da tecnologia até hoje. Isso significa que os usuários agora podem alavancar o LND para enviar Bitcoin e Litecoin a outros usuários, tudo sem resolver essas transações na blockchain. Embora este software seja um dos vários que procuram formar uma rede combinada que visa tornar as transações de criptomoedas mais rápidas e mais baratas, este desenvolvimento efetivamente leva o Bitcoin a um passo mais próximo de novos tipos de aplicações. Também revelado hoje, a Lightning Labs arrecadou US$2,5 milhões de quase uma dúzia de investidores, incluindo o CEO do Twitter Jack Dorsey, a executiva da Square Capital Jacqueline Reses, o criador da Litecoin Charlie Lee e o ex-CEO da David David Sacks.

Siga o Criptomoedas Fácil no InstagramCLIQUE AQUI !!!