Início Notícias Cripto Radar: as principais notícias de 15 de fevereiro de 2018

Cripto Radar: as principais notícias de 15 de fevereiro de 2018

662
0

Confira algumas das notícias mais importantes que circularam pelos veículos nacionais e internacionais:

Bitcoin se aproxima dos US$10 mil pela primeira vez em duas semanas

O preço do Bitcoin subiu na manhã desta quinta-feira, 15 de fevereiro, chegando a bater US$9.986. Isso significa o preço mais alto registrado nas duas últimas semanas. Até o fechamento deste artigo, o cotação do Bitcoin sofreu uma leve queda e estava em US$9.664, de acordo com dados da CoinMarketCap. No Brasil, às 8h00, a moeda digital atingiu o pico de preço de R$33.599. Até o fechamento deste artigo, o Bitcoin estava sendo cotado a R$33.064, conforme dados da ferramenta que acompanha os preços do mercado cripto Bravenewcoin.

O Google não sabe o que é Bitcoin

No post de estréia do seu blog denominado Novo Consenso, Milton Leal, jornalista que cobre o mercado de criptomoedas, explica de maneira simples as principais características do Bitcoin. Confira.

Corretora de Bitcoin movimenta até R$20 milhões por dia e tem líder de 23 anos

O G1 visitou a Foxbit, uma das maiores corretoras de criptomoedas do Brasil. Formalmente, essas empresas não são corretoras, pois não possuem credenciamento junto ao Banco Central e à Comissão de Valores Mobiliários (CVM). “O nosso trabalho é basicamente prover um meio de campo entre duas pessoas, uma que quer comprar e outra que quer vender. E a gente garante que no final do dia uma vai receber o bitcoin e outra vai receber o real como negociou”, afirma Guto Schiavon, sócio fundador da Foxbit. Assim como Schiavon, que tem 23 anos, os mais de 60 funcionários da Foxbit são, em sua maioria, jovens. Quase todos têm menos de 30 anos. Ao contrário de uma financeira tradicional, não é difícil topar com alguém vestindo bermuda no escritório.

Fernando Ulrich lança novo quadro em seu canal no Youtube

Nesta quinta-feira, 15 de fevereiro, Fernando Ulrich, um dos mais renomados especialistas em criptomoedas do Brasil, anunciou um novo quadro em seu canal no Youtube. Denominado Bitcoin Talk, o programa contará com entrevistas, discussões e debates sobre a tecnologia revolucionária. No primeiro episódio, Ulrich entrevista Edilson Osorio Jr. da OriginalMy. Confira.

Bitcoin não é a única criptomoeda a aderir à tecnologia Lightning Network

A tecnologia Lightning está se espalhando pelo universo das criptomoedas. Originalmente projetada para ser usada na rede do Bitcoin, a tecnologia surgiu como a promessa de tornar as transações mais rápidas e mais baratas, movendo-as para uma camada acima da Blockchain. Com a escalabilidade tornando-se uma questão urgente para toda a indústria de moedas digitais, os desenvolvedores de outras criptomoedas também estão de olho na tecnologia. Neste ano, a Litecoin, Zcash, Ethereum e Ripple são apenas algumas das criptomoedas que também planejam implementar ou testar de alguma forma a Lightning Network.