Início Notícias Cripto Radar: as principais notícias de 14 de março de 2018

Cripto Radar: as principais notícias de 14 de março de 2018

463
0

Confira algumas das notícias mais importantes que circularam pelos veículos nacionais e internacionais:

Aplicativo de celular tenta licença para operar no mercado de Bitcoin em Nova York

A Square, empresa de pagamentos digitais, está em processo de candidatura na BitLicense, em uma tentativa de expandir a opção de compra de Bitcoins em seu aplicativo para celular, denominado Cash, para Nova York, Estados Unidos. Um porta-voz da Square confirmou o processo após uma postagem no Twitter na última terça-feira, 13 de março, que sugeriu que a empresa estava “trabalhando” na abertura de compra e venda de Bitcoins para usuários. Até à data, apenas um punhado de empresas recebeu uma BitLicense, quadro regulamentar instituído pela primeira vez em 2015 em nova York. O lançamento controverso levou a uma série de empresas a optar por parar de oferecer serviços no estado, embora os recentes comentários dos legisladores estaduais indiquem que a BitLicense pode passar por algumas revisões para aliviar algumas dessas preocupações.

GPU de mineração da Nvidia pode ser lançado mais cedo do que esperado

Novos relatórios sugerem que a Nvidia, desenvolvedora de hardware, irá lançar uma GPU de mineração mais cedo do que anunciado anteriormente. A unidade gráfica vem com características que os mineradores de criptomoedas acharão atraentes. De acordo com especificações vazadas, o cartão Inno3D é baseado no jogo GeForce GTX 1080 Ti. Saiba mais.

Congresso norte-americano discute sobre o mercado de criptomoedas

Nesta quarta-feira, 14 de março, o Comitê de Serviços Financeiros dos Estados Unidos (CFTC, na sigla em inglês) participou de uma reunião no congresso do país para discutir sobre o tema de criptomoedas e ofertas iniciais de moedas (ICOs, na sigla em inglês). Foi a primeira audiência no congresso que discutiu o assunto das ofertas iniciais de moedas, ou eventos geradores de tokens, como também são conhecidos no mercado. Entre os assuntos discutidos, foram expostas propostas de regulamentação, análise de mercado, riscos da tecnologia blockchain (e seus benefícios), os riscos das corretoras de criptomoedas. Participaram da sessão diversos congressistas, especialistas em tecnologia e membros do ecossistema de criptomoedas, incluindo Mike Lempres, chefe da divisão de riscos legais da Coinbase, maior corretora de criptomoedas dos Estados Unidos.

Tailândia se movimenta para regularizar e taxar as criptomoedas

O Gabinete da Tailândia, o poder executivo do governo do país, aprovou provisoriamente dois projetos de decreto real destinados à regular as criptomoedas, de acordo com um relatório. Os rascunhos – abrangendo as transações de criptomoedas e oferta iniciais de moedas, bem como um possível imposto sobre ganhos de capital de criptomoedas – receberam a primeira validação dos ministros do governo na última terça-feira, 13 de março. Antes de se tornar lei, a legislação deve ser revisada pelo Conselho de Estado, um órgão consultivo que reporta ao primeiro ministro da Tailândia em questões legislativas, antes de ser submetido ao gabinete para aprovação final. Isso poderia ocorrer tão cedo quanto na próxima semana, de acordo com o Bangkok Post, agência de notícias tailandesa.

Google proíbe anúncios relacionados às criptomoedas em sua plataforma

O Google, empresa de pesquisa e gigante da internet, anunciou que mudará sua política de produtos financeiros em junho deste ano, em um movimento que verá as propagandas relacionadas às criptomoedas efetivamente banidas. Em uma publicação feita na última terça-feira, 13 de março, a empresa indicou que mudará sua lista negra de conteúdo de anúncios, “incluindo as ofertas iniciais de moedas (ICOs), corretoras de criptomoedas, carteiras de criptomoedas e conselhos sobre criptomoedas”.

Siga o Criptomoedas Fácil no InstagramCLIQUE AQUI !!!