Início Notícias Cripto Radar: as principais notícias de 13 de fevereiro de 2018

Cripto Radar: as principais notícias de 13 de fevereiro de 2018

629
0

Confira algumas das notícias mais importantes que circularam pelos veículos nacionais e internacionais:

Governo do Arizona define quando as ICOs serão “Valores Mobiliários

O número de contas de blocos antes da legislatura do estado do Arizona está crescendo, mostram registros públicos. O representante do estado do Arizona, Jeff Weninger, introduziu duas medidas focadas na tecnologia na semana passada, incluindo uma que começaria a estabelecer o quadro regulamentar para as ofertas iniciais de moedas (ICOs) realizadas no estado. Dois novos projetos apresentados pelo representante incluem “moeda virtual”, “blockchain” e “oferta de moeda virtual” como novos termos a serem incluídos na lista de definições do governo do Arizona, particularmente quando se relacionam com valores mobiliários e crowdfunding.

Litecoin Cash: o primeiro hard fork do Litecoin

A Litecoin Cash anunciou que a contagem regressiva começou para o lançamento de uma nova criptomoeda que nascerá de um hardfork da Litecoin (LTC). No bloco de número 1371111, será criado o Litecoin Cash (LCC). Os investidores que possuem Litecoin receberão automaticamente 10 Litecoin Cash por cada Litecoin que possuem. Enquanto a Litecoin sempre foi minerada com o Scrypt, o Litecoin Cash é uma criptomoeda com prova de trabalho que assegura a rede usando o algoritmo de hash SHA256, o mesmo do Bitcoin.

Monero declara guerra aos fabricantes de ASIC

No domingo, um grupo de desenvolvedores do Monero publicou uma atualização de desenvolvimento que aborda o que se tornou uma questão recorrente entre as altcoins que atualmente podem ser minadas de forma lucrativa com o hardware GPU – como responder à ameaça de que a Bitmain ou outro fabricante de plataformas de mineração desenvolverá uma ASIC (Application Specific Integrated Circuit), para minerar o Cryptonight, que é o algoritmo de hash de Prova de Trabalho (PoW) da monero. Resposta de Monero? – um ataque preventivo.

5 lições tiradas do último “crash” das criptomoedas

Falando como alguém que está no mercado desde 2014, eu não culpo as pessoas que resolveram entrar no pico de alta. É fato conhecido que os movimentos de euforia geralmente atraem investidores menos experientes, que acreditam que o preço do ativo jamais vai cair. Do mercado de criptomoedas até a bolsa de valores, essa é uma tendência que parece se repetir. Basta pegarmos o exemplo da bolha das empresas pontocom e ver que não há nenhuma novidade.

Manipulação de preço das criptomoedas é “inevitável”, afirma presidente da NEM

O presidente da NEM, Lon Wong, soltou uma declaração no mínimo preocupante. Em uma entrevista à CNBC, Wong afirmou que, ao menos no cenário atual, uma manipulação no preço das criptomoedas é algo “inevitável“. “A manipulação de preços não é algo novo. Isso também é visto nos mercados tradicionais. Estamos em uma fase muito inicial da industria de criptomoedas e essas coisas são inevitáveis“, disse Lon Wong, presidente da NEM, à CNBC.