Confira algumas das notícias mais importantes que circularam pelos veículos nacionais e internacionais:

Os reguladores de Hong Kong enviam avisos para as exchanges de criptomoedas não conformes

Em um anúncio, a Comissão de Valores Mobiliários e Futuros de Hong Kong (SFC) disse que enviou cartas a sete bolsas de Hong Kong e empresas que tentam angariar fundos através de ofertas iniciais de moedas (ICOs), alertando-as sobre as legalidades da venda de tokens digitais com as características de títulos. A maioria dos que receberam a carta confirmou a conformidade com o regime regulamentar da SFC ou com os tokens excluídos.

Criptomoedas são usadas para lavagem de mais de 5 bilhões de euros, afirma Europol

Segundo a polícia europeia (Europol), criminosos usaram criptomoedas para operações de lavagem de dinheiro que somam 4 bilhões de libras (o equivalente a 5,5 bilhões de euros) em 2017. Esse valor corresponde a 4% do total de dinheiro ilegal em circulação pela Europa, o qual é estimado em cerca de 100 bilhões de libras, segundo a agência. A informação foi divulgada pelo diretor da Europol, Rob Wainwright, em entrevista para o canal britânico BBC.

Na mira da regulamentação: Fórum Econômico Mundial anuncia que irá discutir blockchain e criptos no Brasil em março

O mês de março promete ser o período em que boa parte dos lideres mundiais voltarão seus olhos para a América Latina, afinal o continente irá sediar duas importantes reuniões multilaterais, ambas tendo como pauta a regulamentação do mercado cripto, Bitcoin, Criptomoedas, Blockchain, ICO e etc. A Argentina será palco da reunião de ministros do G20, cujos trabalhos já começaram e o Brasil sediará a reunião do Fórum Econômico Mundial (edição América Latina).

Xiii, bateu aquele sentimento de fraude: Exchange Bitgrail anuncia que foi hackeada

A BitGrail, a 5ª maior exchange da criptomoeda Nano, antiga Raiblocks, anunciou nesta semana que sofreu um hacking e perdeu estimados US$ 187 milhões em XRB. A equipe do Nano Core foi informada pelo proprietário do BitGrail, Francesco “The Bomber” Firano que também indagou da equipe sobre a possibilidade de ações para cobrir suas perdas, mas a equipe de desenvolvimento respondeu que essa linha de ação: “Não é possível, nem é uma direção que possamos buscar “, segundo a CCN.

Nome engraçado ou não, Schnorr é um grande negócio para Bitcoin

Desta vez o slogan está sendo usado para demonstrar entusiasmo pelo progresso que está sendo feito em uma otimização de código no bitcoin. Chamadas de assinaturas de Schnorr, a tecnologia procura substituir o esquema de assinatura existente do bitcoin por um que faça a assinatura juntos dos dados. O conceito é tão atraente, em parte porque ele acelera o espaço na blockchain, o que deve ajudar a resolver o atraso da transação e com as tarifas altas.

loading...