Confira algumas das notícias mais importantes que circularam pelos veículos nacionais e internacionais:

Presidente do Bradesco expõe sua opinião sobre o Bitcoin

Luiz Carlos Trabucco, presidente do Bradesco, concedeu uma entrevista inédita à revista Isto É Dinheiro, na qual expôs a sua opinião sobre as fintechs e o Bitcoin. “No fim do processo, as fintechs são parceiras”, disse Trabucco, mencionando o InovaBra, área do Bradesco relacionada à startups. “Mas enxergo mais espaço para fintechs que atuem no setor de meios de pagamentos. A tendência é o dinheiro vivo e o cheque desaparecerem no futuro”, completou o presidente. Trabucco mostrou-se um tanto quanto cético em relação ao Bitcoin. “É uma moeda sem lastro, mas é uma quebra de paradigmas”, disse o presidente de um dos bancos mais tradicionais do Brasil.

Bitcoin estreia no mercado de futuros

O primeiro contrato futuro de Bitcoin começou a ser negociado neste domingo, 10 de dezembro, em uma das maiores bolsas de Chicago, a Chicago Board Options Exchange (Cboe). O contrato com data para expirar em janeiro aumentou de US$15.460 para US$16 mil nas primeiras horas de negociação. O início das negociações sobrecarregou o site da Cboe que emitiu um comunicado informando que devido ao alto tráfego os visitantes do poderiam sofrer com lentidão ou então com indisponibilidade temporária. Apesar disso, a negociação do futuro não foi interrompida.

Mineração PoW e PoS: como obter renda passiva com criptomoedas

O Criptomoedas Fácil escreveu um guia sobre como obter uma renda passiva através da mineração de Bitcoins. Neste artigo será possível entender melhor o conceito de mineração e as duas maneiras de minerar criptomoedas que existem até o momento: Proof of Work (PoW) e a Proof of Stake (PoS). Entenda os dois métodos e quais os investimentos necessários para iniciar o negócio.

A criptomoeda mais famosa na China não é o Bitcoin; conheça a OneCoin

Os entusiastas das criptomoedas da China estiveram fora do mercado durante os últimos meses devido às proibições impostas, em setembro deste ano, pelo governo chinês em relação às ofertas iniciais de moedas e às corretoras de moedas digitais. Porém, não demorou muito para que eles encontrassem uma outra moeda para investir seus fundos. A OneCoin, criada pela empresa chinesa de tecnologia Xunlei, é a nova aposta dos investidores chineses.

Aplicativo promete prever o estouro da “bolha do Bitcoin” usando Inteligência Artificial

O Bitcoin Bubble Burst tem provocado reações diversas entre as pessoas do universo das criptomoedas. O novo aplicativo de celular promete manter seus usuários em dia em relação às previsões de um possível estouro no que muitos acreditam ser a “bolha do Bitcoin”. A ferramenta baseia-se em Inteligência Artificial para suas previsões. Os avisos por enquanto serão feitos através de e-mails, porém a equipe de desenvolvedores está adaptando a ferramenta para o disparo também de SMS.