Início Notícias Cripto Radar: as principais notícias de 05 de fevereiro de 2018

Cripto Radar: as principais notícias de 05 de fevereiro de 2018

589
0

Confira algumas das notícias mais importantes que circularam pelos veículos nacionais e internacionais:

Companhia aérea do Japão dará continuidade aos planos de começar a aceitar Bitcoin

A Peach Aviation, companhia aérea de baixo custo do Japão, esclareceu continuará trabalhando para implementar um sistema de pagamentos de passagens aéreas com Bitcoin. Esse esclarecimento veio em resposta a recentes publicações feitas pela mídia que sugeriam que a empresa pudesse interromper seus planos para adotar a medida depois do recente ataque hacker sofrido pela Coincheck, corretora de criptomoedas japonesa. A empresa anunciou em maio do ano passado que aceitaria Bitcoin através de uma parceria com a Bitpoint Japan, corretora de moedas digitais. Além disso, a Peach planeja expandir seus serviços de pagamento de com Bitcoin “através de colaborações com órgãos administrativos locais e empresas locais”. A Peach e a Bitpoint planejam implementar em conjunto várias iniciativas, como a instalação de caixas eletrônicos de Bitcoin em aeroportos.

Alerta! Ledger identifica possibilidade de ataque em suas carteiras hardware

A Ledger, fabricante de carteira hardware que armazena Bitcoin e outras criptomoedas, alertou seus usuários sobre uma grande ameaça de ataque recentemente descoberto. Embora não tenham ocorrido casos do ataque ter sido concluído com sucesso, a ameaça existe de fato. Recentemente, a Ledger pediu para que os usuários de sua carteira sigam algumas instruções para se resguardar contra o risco de terem seus endereços digitais prejudicados. Confira.

Itália estuda formas de regulamentar o mercado de criptomoedas nacional

O governo italiano está buscando feedback em relação às regulamentações propostas ao mercado de criptomoedas, que visam esclarecer o uso da tecnologia no país. Um resumo das regras propostas explica como os prestadores de serviços que aceitam criptomoedas teriam que reportar seus negócios e ganhos ao Ministério da Economia e Finanças do país, bem como o que o governo fará com essa informação. O decreto completo também esclarece que, enquanto as criptomoedas são “usadas como meio de troca para a compra de bens e serviços, elas não são emitidas por um banco central ou por uma autoridade pública [e não estão necessariamente conectadas a uma moeda com curso legal”.

Crafty: o primeiro marketplace de serviços brasileiro baseado em blockchain

Muitos dos nossos leitores já devem ter ouvido falar do Openbazaar, uma das mais conhecidas plataformas de vendas do universo de criptomoedas, a qual é totalmente descentralizada e baseada na tecnologia blockchain. É com uma proposta semelhante – e criada por brasileiros – que surgiu a Crafty, empresa que tem como principal proposta a criação de uma plataforma que possa ser utilizada por profissionais liberais e por clientes em busca dos seus serviços. O Criptomoedas Fácil realizou uma entrevista com os fundadores da plataforma: o CEO Reinaldo Silva, o responsável pela parte técnica e CKO Normann Kalmus; e com um dos advisors da empresa, que além de ser um dos orientadores é também uma celebridade nacional: o cantor Ricardo Mariano (mais conhecido como Mariano) o qual integra a dupla sertaneja Munhoz & Mariano. Juntos, os três bateram um papo com o Criptomoedas Fácil sobre alguns dos principais aspectos, inovações e expectativas guardadas para essa nova empreitada, confira!

Órgão regulador dos EUA adverte sobre os fundos de aposentadoria com criptomoedas

Os consumidores norte-americanos devem preocupar-se com os fundos de aposentadoria relacionados às criptomoedas que alegam ser aprovados pela Receita Federal dos EUA, conforme alerta emitido pela  Internal Revenue Service, a Comissão de Negociação de Futuros de Commodities (CFTC, na sigla em inglês). Em um comunicado emitido em 2 de fevereiro, a CFTC pediu que as pessoas “tenham cautela” em relação a tais fundos, especialmente aqueles que alegam que a autoridade fiscal dos EUA havia de alguma maneira revisado ou endossado o produto.

Compre e Venda Bitcoin, Ethereum, Litecoin e Decred de maneira simples, rápida e segura !!CLIQUE AQUI