Início Notícias Cripto Radar: as principais notícias de 03 de janeiro de 2018

Cripto Radar: as principais notícias de 03 de janeiro de 2018

587
0

Confira algumas das notícias mais importantes que circularam pelos veículos nacionais e internacionais:

O preço do Bitcoin inicia o ano em queda pela primeira vez desde 2015

Pela primeira vez desde 2015, o preço do Bitcoin iniciou o ano em queda depois de atingir o recorde de US$ 19,511 em 18 de dezembro de 2017. No segundo dia do ano, a moeda digital era cotada a US$ 13.163, o que significa 4,8% menos do que na última sexta-feira, 29 de dezembro. Um dia depois, em 03 de janeiro, a criptomoeda apresentou um leve aumento de preço e chegou a ser cotada a US$ 15.572, de acordo com dados da CoinMarketCap.

Coreia do Sul planeja acabar com transações de criptomoedas anônimas em 20 de janeiro

O governo sul-coreano vem trabalhando em um sistema para impor a verificação de identidade de nome real nas corretoras de criptomoedas. Este sistema deverá ser implementado em torno de 20 de janeiro, terminando assim a prática atual que permite o processamento de criptomoedas anonimamente.

Fique de olho nas tendências tecnológicas do Bitcoin para 2018

2017 foi o melhor ano para o Bitcoin em diversos aspectos, porém do ponto de vista tecnológico as coisas parecem estar apenas começando. De acordo com um interessante artigo publicado pela Bitcoin Magazine, 2018 promete ser o ano em que uma série de projetos de desenvolvimento para o Bitcoin envolvendo tecnologia será colocada em prática. Confira as medidas que serão lançadas e adotadas.

Membro do Banco Central da Europa clama por impostos sobre as transações de Bitcoin

Ewald Nowotny, presidente do Banco Central da Áustria, disse durante uma entrevista que o Bitcoin deveria ser regulado e taxado, além de acreditar que todos aqueles que participam de uma transação financeira devam ser claramente identificados. Na entrevista, Nowotny também expressou preocupações em relação ao potencial uso da moeda digital para lavagem de dinheiro.

Primeiro caso de uso da blockchain do Cardano: diplomas para estudantes gregos

Os estudantes graduados da Grécia poderão, em breve, provar suas qualificações através da blockchain. A GRNET, rede nacional de pesquisa e educação do país grego, está trabalhando em um projeto piloto com a IOHK, empresa de pesquisa e desenvolvimento de blockchain, para verificar diplomas estudantis através da Cardano, blockchain lançada em setembro. O projeto é notável por ser o primeiro caso oficial de uso da Cardano, que além de ser uma plataforma de criptomoedas também é uma plataforma de contratos inteligentes.

Siga o Criptomoedas Fácil no InstagramCLIQUE AQUI !!!