Início Notícias Cripto Radar: as principais notícias de 02 de novembro de 2017

Cripto Radar: as principais notícias de 02 de novembro de 2017

714
0

Confira algumas das notícias mais importantes que circularam pelos veículos nacionais e internacionais:

O preço do Bitcoin ultrapassa os US$7 mil pela primeira vez

O preço do Bitcoin bateu um novo recorde nesta quinta-feira, superando o valor de US$7 mil. A moeda digital tem apresentado altas no preço durante toda a semana e acredita-se que parte do aumento é consequência da introdução de futuros de Bitcoin pela CME. De acordo com dados da Coindesk, ferramenta de dados do universo cripto, a moeda digital chegou a valer US$7.355,35.

Bitwage registra 18 novas moedas em sua ferramenta

A Bitwage, ferramenta de pagamento de salário que possibilita pagamentos internacionais e em moeda fixa local ou em Bitcoin, anunciou o apoio a mais 18 moedas fiduciárias, incluindo o rublo russo, passando a dar suporte para um total de 25 moedas. Jonathan Cheste, presidente da Bitwage, comunicou que o motivo da adição de mais moedas à ferramenta é devido ao recente interesse em moedas digitais que fez com que muitos usuários passassem a querer receber seus salários nesse formato.

Mineração: gasta muita energia e prejudica o meio ambiente

A invenção do Bitcoin marca um momento crucial na história das finanças. Através de seu mecanismo descentralizado de emissão – chamado de mineração – o Bitcoin conseguiu prover liberdade financeira aos usuários, garantindo que nenhuma transação possa ser censurada ou revertida por terceiros. No entanto, como é normal com a tecnologia, quando um problema é resolvido, outro surge da solução. Como o caso da mineração do Bitcoin, uma prática inofensiva que pode ser realizada a partir de qualquer computador de mesa normal, que hoje representa uma indústria de bilhões de dólares com um consumo global estimado de 288 megawatts, de acordo com dados do Global Cryptocurrency Benchmarking Study pela Cambridge Judge Business School.

Banco de crédito canadense se planeja para aderir ao universo cripto

Greg Feller, diretor financeiro do banco de créditos canadense Mogo Finance Technology Inc., comentou, em entrevista para o site de notícias Bloomberg, que o banco está construindo uma experiência bancária digital para a próxima geração de consumidores. “Vamos proporcionar uma conta de criptomoedas dentro da conta da Mogo”, disse. O banco que conta com cerca de meio milhão de clientes já possui produtos como acesso a empréstimos pessoais, cartões Visa pré-pagos e hipotecas através de aplicativos de celular. “O próximo passo é a incorporação de uma carteira digital para criptomoedas em sua plataforma”, afirmou Feller.

Por que o Japão tornou-se uma potência no Bitcoin?

Artigo publicado pela Forbes, site de notícias da revista norte-americana sobre negócios e economia, relata a história do Japão no universo do Bitcoin. Como o país com maior participação de mercado da moeda digital iniciou o processo de adesão, quais as atuais medidas foram tomadas e os próximos passos.

Siga o Criptomoedas Fácil no InstagramCLIQUE AQUI !!!