Início Notícias Cripto Radar: as principais notícias de 02 de abril de 2018

Cripto Radar: as principais notícias de 02 de abril de 2018

447
0

Confira algumas das notícias mais importantes que circularam pelos veículos nacionais e internacionais:

Escritório jurídico de Nova York lança rastreador de processos de empresas de criptomoedas

A Morrison Cohen LLP, uma empresa de assuntos jurídicos de Nova York, Estados Unidos, lançou o que ela chama de “Moco Cryptocurrency Litigation Tracker” (algo como rastreador de processos com criptomoedas, em português). O rastreador busca fornecer atualizações e informações sobre todos os processos legais ativos nos Estados Unidos envolvendo empresas de criptomoedas, gerando maior transparência em relação aos processos legais de empresas que operam no setor de moeda digitais. Atualmente, a ferramenta exibe informações de 63 processos em andamento nos EUA. Os casos são organizados cronologicamente e classificados de acordo com a natureza do processo.

Apesar do mercado das criptomoedas ter reduzido, algumas criptomoedas apresentam ganhos

O mercado de criptomoedas vivenciou momentos difíceis no primeiro trimestre de 2018, com apenas alguns tokens contrariando a tendência de queda. O frenesi de compra ocorrido no final do ano passado perdeu força nos primeiros meses do ano, em meio a receios de que a Coreia do Sul e a China anunciassem regulações mais profundas. O mercado geral de criptomoedas, que atingiu o recorde de US$830 bilhões no início de janeiro, caiu quase 70%, chegando a valer US$251 na última semana de março. Confira quais foram as criptomoedas que mais caíram e quais foram aquelas que mesmo assim obtiveram ganhos.

Cingapura lança desafio que premiará empresas de blockchain com financiamento

Recentemente, o governo de Cingapura lançou um desafio que planeja recompensar vários projetos bem-sucedidos relacionados à tecnologia blockchain com o financiamento necessário. Este movimento pretende mudar a face do investimento em Bitcoin no país. Na última semana, a Autoridade de Desenvolvimento de Mídia de Cingapura anunciou que o objetivo do desafio é impulsionar a inovação da blockchain como parte de um objetivo mais amplo de transformação digital. O país tem como alvo duas categorias específicas de blockchain, que são transformação e empreendimento para melhorar os investimentos em Bitcoin.

Polícia sul-coreana detém mineradores de Bitcoin que usam eletricidade ilegalmente

14 pessoas de 13 empresas diferentes foram presas por usar ilegalmente eletricidade barata para minerar criptomoedas em complexos industriais na Coreia do Sul. De acordo com um relatório da agência de notícias local Yonhap, as atividades de mineração supostamente ilegais foram descobertas em quatro complexos diferentes na cidade de Gwangju, no sudoeste do país. As empresas que montam operações de mineração em tais complexos recebem um custo de eletricidade 10% menor em comparação às empresas em geral, além de aluguéis mais baixos. Cada uma das empresas supostamente instalou de 100 a 350 dispositivos de mineração em suas instalações e vinham minerando criptomoedas desde maio de 2017.

Tailândia divulga as taxas de impostos para negociação de criptomoedas

O Ministério das Finanças da Tailândia delineou suas propostas de taxas de impostos para o comércio de criptomoedas e investimentos em meio ao processo legislativo em andamento para regular e taxar o setor. Falando após uma reunião semanal de gabinete, Apisak Tantivorawong, ministro das Finanças da Tailândia, anunciou a estrutura tributária do governo para criptomoedas que incluirá todas as negociações de varejo e retornos sobre investimentos em moedas digitais. Os investidores serão obrigados a pagar 7% de imposto sobre valor agregado (IVA) em todas as transações com criptomoedas, juntamente com um imposto sobre ganhos de capital de 15%, informou a Nikkei Asian Review, agência de notícias local.

Siga o Criptomoedas Fácil no InstagramCLIQUE AQUI !!!