Início Notícias Corretoras de criptomoedas da Coreia do Sul discutem auto-regulação

Corretoras de criptomoedas da Coreia do Sul discutem auto-regulação

451
0
Coreia do Sul - reunião das exchanges

O número de corretoras de criptomoedas que participam da auto-regulação quase dobrou na Coreia do Sul. Tais esforços são liderados pela Korean Blockchain Association, que foi lançada recentemente e conta com 66 membros. A associação também planeja desenvolver índices de preços padrão para as principais moedas digitais.

De acordo com a Bitcoin News, agência de notícias especializada em criptomoedas, a Korean Blockchain Association foi lançada em 26 de janeiro deste ano. Entre seus 66 membros, 25 são corretoras de criptomoedas, incluindo todas as principais plataformas do país, como Upbit, Bithumb, Korbit, Coinone e Coinplug.

A cerimônia de lançamento da associação foi realizada em Seul e estiveram presentes 58 das 66 empresas membros, juntamente com Min Byung-Doo, membro do Partido Democrata, e Kim Sung-tae, membro da Free Korean Party, partido conservador da Coreia do Sul.

Chin Dae-jae, ex-ministro de Comunicação da Coreia do Sul, foi nomeado o primeiro presidente da associação. “O interesse público em criptomoedas aumentou e o excessivo financiamento especulativo entrou nas corretoras de moedas digitais. É a nossa realidade agora”, disse o presidente. “A associação quer ser um canal de comunicação eficaz entre o governo e a indústria”, completou.

Durante a primeira metade deste ano, a associação “planeja criar um sistema de informação que permita ao público compreender facilmente a moeda virtual”, detalhou um dos principais jornais da Coreia do Sul. “A associação também planeja desenvolver um índice padrão de preços de moeda virtual e dados de transações chave…A intenção é fornecer informações credíveis como dados de transação padrão”, completou.

Antes de seu lançamento oficial, a associação anunciou medidas de auto-regulação em dezembro do ano passado, por sugestão dos reguladores e em consulta com o setor bancário. 14 corretoras de criptomoedas declaram, conjuntamente, a auto-regulação nesse momento, incluindo todas as principais corretoras de moedas digitais no país, exceto a Upbit. A Kakao, que surgiu com o intuito de ser uma das maiores corretoras de cripto da Coreia do Sul, se juntou à associação e declarou a auto-regulação em janeiro.

A associação estabeleceu um comitê de auto-regulação para trabalhar com as corretoras. “Vou lançar uma revisão de auto-regulação no primeiro semestre do ano”, disse Chin. Ele também citou: “Estudaremos o quadro regulatório japonês e garantiremos que todo o ecossistema seja estável”. Além disso, ele elaborou: “Também tomarei a iniciativa de criar um ambiente onde os investidores possam aprender a usar a moeda virtual”.

COMPARTILHAR
Publicitária, planejadora estratégica e entusiasta do universo cripto. Confia nas mudanças que a tecnologia irá trazer para a sociedade.
Compre e Venda Bitcoin, Ethereum, Litecoin e Decred de maneira simples, rápida e segura !!CLIQUE AQUI