Início ICO Coreia do Sul pode aliviar a fiscalização às ofertas iniciais de moedas

Coreia do Sul pode aliviar a fiscalização às ofertas iniciais de moedas

263
0

De acordo com um novo relatório reportado pela Coindesk, agência de notícias especializada no universo cripto, a proibição da Coreia do sul sobre as ofertas iniciais de moedas (ICOs, na sigla em inglês) pode ser aliviada nos próximos meses.

Em setembro, a Coindesk informou que a Comissão de Serviços Financeiros (FSC, na sigla em inglês) do país havia se movimentado para proibir o modelo de financeiro baseado em blockchain. No entanto, um novo relatório publicado pela Korea Times, agência de notícias local, sugere que a proibição pode ser aliviada em parte, especificamente para vendas simbólicas que atendem às condições ainda a serem especificadas.

Uma fonte anônima disse ao jornal:

“As autoridades financeiras têm conversado com a agência de impostos do país, o ministério da justiça e outros gabinetes governamentais relevantes sobre um plano para permitir as ICOs na Coreia do Sul quando certas condições forem atendidas.”

Apesar da proibição local, muitos usuários sul-coreanos de criptomoedas ainda estão participando de ICOs internacionais. Kang Young-soo, o regulador que supervisiona as políticas de negociação de criptomoedas na FSC, recusou-se a comentar sobre as ICOs, além de dizer que a FSC está considerando uma “visão de terceiros“.

Além disso, Young-soo afirmou que o governo quer avançar com as tecnologias blockchain e criar uma melhor infra-estrutura para regular os negócios de criptomoedas.

No entanto, o mercado internacional de criptomoedas apresenta novos desafios para os legisladores.

Por enquanto, os residentes no exterior estão atualmente proibidos de negociar criptomoedas na Coreia do Sul. Esta restrição visa reduzir a lavagem de dinheiro e outros possíveis crimes de evasão de fronteira. Enquanto isso, autoridades sul-coreanas estão conversando com colegas no Japão e na China para explorar a cooperação regulatória, o que significa que todas as regras finais poderiam ser desenvolvidas em conjunto com esses países.

Por sua vez, a China não mostrou nenhum sinal de que irá aliviar sua própria proibição de ofertas de moedas iniciais, que determinou no início de setembro, antes do anúncio da Coreia do Sul.

COMPARTILHAR
Publicitária, planejadora estratégica e entusiasta do universo cripto. Confia nas mudanças que a tecnologia irá trazer para a sociedade.
Siga o Criptomoedas Fácil no InstagramCLIQUE AQUI !!!