Início Notícias Coreia do Sul acusa a Coreia do Norte de ter roubado milhões...

Coreia do Sul acusa a Coreia do Norte de ter roubado milhões em criptomoedas

614
0

As autoridades sul-coreanas acreditam que hackers da Coreia do Norte roubaram dezenas de milhões de dólares em criptomoedas em 2017, de acordo com notícias locais.

A Kyodo News, agência de notícias japonesa, publicou que o Serviço Nacional de Inteligência (NIS, na sigla em inglês) da Coreia do Sul, informando os legisladores do país sobre os ataques cibernéticos, relatou que crimes de phishing e de outros métodos renderam dezenas de bilhões em ganhos em moeda local de fundos de clientes. O serviço de notícias informou que as autoridades da Coreia do Sul estão investigando se esses hackers também estavam envolvidos no ataque do mês passado à corretora de criptomoedas Coincheck,  que ocasionou o roubo de mais de US$500 milhões em tokens da NEM.

O ataque do ano passado à exchange sul-coreana Bithumb resultou em um roubo de mais de US$7 milhões, assim como informações pessoais de cerca de 30 mil clientes.

Kim Byung-kee, membro do parlamento sul-coreano, salientou o impacto dos e-mails de phishing utilizados por usuários fraudadores:

“A Coreia do Norte enviou e-mails que invadiram as corretoras de criptomoedas e as informações privadas de seus clientes, e roubaram criptomoedas que totalizam milhões de dólares”.

A Coreia do Norte tem sido acusada por ataques hacks e fraudes em várias ocasiões, bem como por tentativas mal sucedidas de roubar criptomoedas de sites comerciais. No ano passado, funcionários da polícia alegaram que criminosos norte-coreanos tentaram enganar 25 funcionários de quatro corretoras de criptomoedas através de ataques de phishing, embora nenhum tenha declarado ter caído no ataque efetivamente. As tentativas de roubos foram relatadas pela empresa de segurança cibernética FireEye, e depois confirmadas pelos funcionários do governo.

O país de Kim Jong-un parece estar indo atrás das criptomoedas como forma de evadir as sanções financeiras impostas pelas Nações Unidas, particularmente as sanções votadas após os recentes testes de mísseis nucleares feitos pelo país.

COMPARTILHAR
Publicitária, planejadora estratégica e entusiasta do universo cripto. Confia nas mudanças que a tecnologia irá trazer para a sociedade.