Início Blockchain Consórcio de grandes bancos anuncia equipe de advogados especializada em Blockchain

Consórcio de grandes bancos anuncia equipe de advogados especializada em Blockchain

603
0

O Blockchain R3, consórcio que reúne mais de 200 instituições financeiras em todo o mundo, anunciou que está montando uma equipe de advogados especializados em Blockchain. Divulgada esta semana, a equipe contará com a participação de 10 escritórios de advocacia do Centro Jurídico de Excelência (LCoE, na sigla em inglês), uma plataforma que também será responsável pelo aperfeiçoamento constante dos advogadas em torno da tecnologia e de todo o ecossistema que a envolve.

Em uma entrevista para a CoinDesk, agência de notícias especializada no universo cripto, Jason Rozovsky, consultor sênior do R3 e chefe do novo centro, falou sobre a novidade como uma base jurídica para uma ampla gama de aplicativos corporativos.

“Estas são algumas das últimas peças que precisamos para garantir que pessoas sintam-se confortáveis ??para usar a da tecnologia.”

De acordo com Rozovsky, para atingir seu objetivo, os membros da equipe se reunirão mensalmente e analisarão não apenas trabalhos de pesquisa mas também demonstrações de projetos de blockchains públicas. Por exemplo, na semana passada, a equipe teve acesso à uma demonstração inicial do Projeto Maison e acompanharam o funcionamento do serviço baseado em Corda, juntamente com uma demo da LEIA 2, uma plataforma de identidade previamente revelada co-construída com a R3 e a consultoria empresarial da Synechron.

Além disso, os membros receberão uma newsletter mensal sobre o progresso e o acesso contínuo aos pesquisadores da R3. De acordo com Rozovsky:

“A idéia é ajudar essas pessoas a obter uma compreensão prática do que está acontecendo no espaço da blockchain, quais são os projetos nos quais estamos trabalhando e quais são os benefícios que estamos vendo.”

COMPARTILHAR
Toda honra e Glória pertencem a Deus sempre. Publicitário e Produtor Cultural. Entusiasta de tudo aquilo que o Estado não consegue controlar. Abaixo aos muros, que se construa janelas para o amanhã