Início Bitcoin Conheça os 8 maiores donos de Bitcoin do mundo

Conheça os 8 maiores donos de Bitcoin do mundo

5213
1

Embora o Bitcoin possibilite o anonimato, usando conjunto de letras e números para identificação de fontes de transações, algumas pessoas revelaram publicamente que são usuários entusiastas da moeda digital.

A sessão Money, do site da revista norte-americana Time, listou as oito pessoas que possuem os maiores montantes de Bitcoin do mundo, que se tem conhecimento:

Os gêmeos Winklevoss

Os gêmeos Winklevoss ficaram famosos após aparecimento no filme “A rede social”, que conta a história da criação do Facebook, como possíveis verdadeiros criadores da rede social mais famosa do mundo. Seu investimento realizado em 2013 em Bitcoin no valor de US$11 milhões (que teria aumentado para um por cento de todas as moedas em circulação) aumentou consideravelmente até agora. Atualmente o investimento passou a valer 21 vezes mais, atingindo o valor de US$231 milhões.

Barry Silbert

Barry Silbert, investidor em capital de risco e fundador do Digital Currency Group, foi um dos primeiros apoiadores do Bitcoin. Silbert arrematou 48 mil Bitcoins em um leilão realizado pelos EUA em 2014 (o governo havia leiloado grande parte da apreensão feita dos Bitcoins da Silk Road, um mercado online que dizia ser usado para drogas ilegais). Na época, o Bitcoin valia US$350, ou seja, o aporte de Silbert subiu cerca de 16 vezes, passando de aproximadamente US$16,8 milhões para US$268,8 milhões.

Tim Draper

Tim Draper, investidor em capital de risco e bilionário, em parte graças ao seu investimento inicial no Skype, foi motivo de manchetes de notícias pela compra de 30 mil Bitcoins em 2014, também nesse leilão promovido pelo governo em que esteve presente o Barry Silbert. O investimento inicial de US$19 milhões, realizado por Draper, atualmente vale US$171 milhões. Draper está claramente acreditando no mercado de moedas digitais, afinal ele é o maior investidor da Tezos, uma nova criptomoeda que aguarda lançamento.

Charlie Shrem

Charlie Shrem tem menos moral do que fama. O empresário adotou o Bitcoin logo em seu início e foi membro da Fundação Bitcoin, que deveria proteger o uso do Bitcoin mas viu vários de seus líderes sob investigação criminal. O próprio Shrem recebeu uma pena de prisão de dois anos por acusações relacionadas a lavagem de dinheiro. Apesar disso, Shrem está de volta com uma startup de investimento em criptomoedas, e embora não tenha revelado exatamente o quanto ele possui em Bitcoins, ele disse que comprou alguns milhares de volta quando o preço ainda era baixo. Atualmente o montante vale milhões.

Tony Gallippi

Tony Gallippi, co-fundador e presidente do Bitpay, plataforma de pagamentos através de Bitcoin, atualmente é o líder em negociações de Bitcoin e está entre os maiores detentores da moeda. Embora não tenha divulgado o valor exato de seus investimento na moeda digital, estimativas apontam para cerca de US$20 milhões.

Satoshi Nakamoto

Satoshi Nakamoto é a figura sombria por trás da criação do Bitcoin. Depois de inventar e divulgar o white paper do Bitcoin, no qual descreveu o software vinculado à moeda digital, Nakamoto recuou da vida pública e até hoje ninguém sabe se esse é seu verdadeiro nome. Apesar de algumas teorias que tentam explicar quem realmente é Satoshi Nakamoto, não há dúvidas de que o criador do Bitcoin tem um monte de moedas à sua disposição. Um estimado desenvolvedor do Bitcoin revelou em 2013 que Nakamoto possuía cerca de um milhão de Bitcoins. Na época o montante que valia US$6.133, atualmente valeria US$6,1 bilhões.

Tio Sam (Estados Unidos)

Talvez a maior surpresa de todos seja que o Bitcoin, uma moeda baseada em um software que deveria estar livre de restrições de moedas tradicionais, já forneceu um pagamento lucrativo para o governo federal. O FBI apreendeu 144 mil Bitcoins ao encerrar o mercado do site de compra e vendas online Silk Road em 2013 e na época tornou-se o proprietário da maior carteira de Bitcoin (embora não seja necessariamente a entidade com a maioria dos Bitcoins, pois podem ser espalhados por muitas carteiras). O governo então leiloou os Bitcoins arrecadando o valor de US$48 milhões.

COMPARTILHAR
Publicitária, planejadora estratégica e entusiasta do universo cripto. Confia nas mudanças que a tecnologia irá trazer para a sociedade.
Siga o Criptomoedas Fácil no InstagramCLIQUE AQUI !!!