Início Notícias Congresso dos EUA realizará audiência sobre criptomoedas e blockchain

Congresso dos EUA realizará audiência sobre criptomoedas e blockchain

133
0
Congresso dos EUA realizará audiência sobre criptomoedas e blockchain

O renomado economista Nouriel Roubini pretende adotar um tom inflamado sobre criptomoedas e blockchain perante um grupo de senadores norte-americanos nesta quinta-feira, 11 de outubro.

Segundo a Coindesk, Roubini testemunhará perante o Comitê de Assuntos Bancários, Habitação e Urbanismo do Senado dos EUA, ao lado do diretor de pesquisa do Coin Center, Peter Van Valkenburgh, em uma audiência intitulada “Explorando o ecossistema de criptomoedas e blockchain”.

Anunciado na semana passada, a audiência marca o último movimento dos membros do Congresso dos EUA para entender melhor a tecnologia emergente e a nova classe de ativos.

Em observações publicadas nesta quarta-feira, 10 de outubro, Roubini, que recebeu o apelido de “Dr. Doom” por suas previsões sobre a crise financeira de 2008, planeja sair do mercado, argumentando que criptomoedas não são uma unidade de conta viável, meio de pagamento ou reserva de valor.

Entre os argumentos, Roubini afirma que “a riqueza nas criptomoedas é mais concentrada do que na Coreia do Norte, onde o coeficiente de desigualdade de Gini é 0,86”.

O coeficiente de Gini é uma medida de desigualdade econômica e funciona comparando a distribuição de renda entre uma população, de acordo com a Investopedia. O coeficiente pode variar de 0, ou igualdade perfeita, a 1, ou desigualdade perfeita. O coeficiente Gini do Bitcoin é 0,88, disse ele, embora não tenha mencionado como ele estabeleceu esse número.

Em contraste com a retórica de Roubini sobre “um conjunto deficiente de tecnologias”, o testemunho preparado de Van Valkenburgh argumenta que a “computação descentralizada” pode ser benéfica em diversos casos de uso, desde que legisladores e reguladores permitam que os desenvolvedores experimentem a tecnologia e ampliem o espaço.

O depoimento de Van Valkenburgh reage contra parte do hype em torno do espaço também, observando que a blockchain “não é” uma “solução para qualquer número de problemas sociais, econômicos, organizacionais ou de cibersegurança”.

Chega até a dizer que a frase “tecnologia blockchain” é um termo vago e indefinido.

Seu tom faz uma grande diferença em relação ao de Roubini, exigindo uma “abordagem leve” à regulamentação, da mesma forma que a administração do ex-presidente Bill Clinton se aproximou do desenvolvimento da internet.

Em outros lugares, Roubini observa que “blockchains pode fazer sentido em casos em que a troca de velocidade / verificabilidade vale realmente a pena”, mas acrescenta que “raramente é assim que a tecnologia é comercializada. Propostas de blockchain fazem rotineiramente promessas para derrubar indústrias inteiras, como a computação em nuvem, sem reconhecer as limitações óbvias da tecnologia”.

COMPARTILHAR
Publicitária, planejadora estratégica e entusiasta do universo cripto. Confia nas mudanças que a tecnologia irá trazer para a sociedade.
Siga o Criptomoedas Fácil no InstagramCLIQUE AQUI !!!