Início Notícias Comissão de Valores Mobiliários dos EUA está buscando comentários sobre outro ETF...

Comissão de Valores Mobiliários dos EUA está buscando comentários sobre outro ETF de Bitcoin

630
0
Comissão de Valores Mobiliários dos EUA está buscando comentários sobre outro ETF de Bitcoin

A Comissão de Valores Mobiliários dos Estados Unios (SEC, na sigla em inglês) está mais uma vez buscando comentários sobre um fundo negociado em bolsa (ETF) baseado em Bitcoin.

O regulador de valores mobiliários pediu comentários sobre uma proposta da Cboe, bolsa de valores de Chicago que já comercializa contratos futuros de Bitcoin, para listar e negociar as ações de Bitcoin da SolidX, um ETF que foi proposto pelo fundo VanEck SolidX Bitcoin Trust, de acordo com documentos publicados na última terça-feira, 26 de junho.

O fundo investirá apenas em Bitcoin, observa o documento – já que seus ativos líquidos “consistirão em BTC mantido pela Trust utilizando um processo seguro”.

Os arquivamentos da Cboe indicam que a Trust investirá apenas em BTC e as ações do produto refletirão subseqüentemente o maior preço de criptomoeda do mundo. Embora seus operadores comprem ou vendam Bitcoins conforme necessário, “a Trust não é gerenciada ativamente”, segundo o documento.

A SEC está pedindo comentários de “pessoas interessadas” sobre essa mudança de regra proposta.

Como relatado anteriormente pela CoinDesk, este ETF em particular é o resultado de uma parceria entre a empresa de investimento VanEck e a startup de blockchain SolidX. É a terceira tentativa da VanEck de criar um produto de investimento em BTC.

O CEO da VanEck, Jan van Eck, disse acreditar que o BTC é “uma opção de investimento legítimo, como um tipo de ‘ouro digital’ que pode fazer sentido para os portfólios dos investidores”, apesar dos obstáculos regulamentares que já encontraram anteriormente.

“Acreditamos que, coletivamente, construiremos algo que possa ser melhor do que outras construções que estão sendo implementadas atualmente no processo de regulamentação. Um ETF de BTC apoiado fisicamente será projetado para fornecer exposição ao preço do Bitcoin, e um componente de seguro será ajudar a proteger os acionistas contra os riscos operacionais de terceirizar e manter Bitcoin”, disse ele à CoinDesk na época.

Embora várias empresas tenham tentado listar os ETFs de Bitcoin no passado, a SEC forçou retiradas em todos os casos. O regulador afirmou anteriormente que está preocupado com a volatilidade e liquidez da criptomoeda, entre outras questões.

COMPARTILHAR
Publicitária, planejadora estratégica e entusiasta do universo cripto. Confia nas mudanças que a tecnologia irá trazer para a sociedade.