Início Notícias Coinbase bloqueia pagamentos para o WikiLeaks Shop

Coinbase bloqueia pagamentos para o WikiLeaks Shop

305
0

A Coinbase, uma das maiores corretoras de criptomoedas do mundo, bloqueou todos os pagamentos em criptomoedas do WikiLeaks Shop em uma ação semelhante à adotada pelo PayPal no passado. O bloqueio foi feito sem nenhum aviso prévio ou explicação plausível, através de um único aviso enviado ao WikiLeaks, conforme afirma o Gateway Pundit.

O WikiLeaks orientou seus seguidores no Twitter a doar Bitcoins diretamente em site que também aceita outras criptomoedas. Segundo a publicação, o bloqueio da Coinbase ocorre, possivelmente, por uma orientação do governo dos Estados Unidos.

“Nós somos um negócio de serviços financeiros regulamentados sob o FinCEN, e como parte de nossa responsabilidade, somos legalmente obrigados a implementar mecanismos de conformidade regulatória”.

O FinCEN é a rede de inspeção de crimes financeiros do Departamento do Tesouro dos EUA.

“Lamentamos informar que não podemos mais oferecer suporte à sua conta da Coinbase, além de outras contas que você tenha criado. Tenha em mente que não bloqueamos o acesso ao saldo atual da sua conta Coinbase. Embora não possamos mais processar ordens de corretagem por meio de nosso relacionamento bancário, você ainda pode enviar seu saldo para um endereço externo. Há uma variedade de fatores que foram pesados ??no seu caso e, infelizmente, não podemos elaborar nosso processo de decisão interna. Por favor, saibam que não tomamos essas decisões com leviandade, e lamentamos perder você como cliente”, dizia o comunicado da Coinbase para o WikiLeaks Shop.

O WikiLeaks Shop oferece camisetas, moletons e outras mercadorias que apoiam seus esforços jornalísticos. Ele é administrado por um negócio canadense e as taxas de licenciamento são pagas ao WikiLeaks, portanto, tudo dentro da legislação norte-americana. O caso tem muita similaridade com o episódio de 2010, após o lançamento do famoso Iraq e Afghan War Logs, o PayPal afirmou em comunicado que o WikiLeaks violou sua políticas internas e encerrou todas as contas deles na época.

Após banir o WikiLeaks de seus serviços, o PayPal enfrentou uma reação massiva, incluindo ataques DDOS e um boicote. O mesmo pode acontecer com a Coinbase, que já enfrenta uma onda grande de indignação nas redes sociais por conta do caso.

COMPARTILHAR
Toda honra e Glória pertencem a Deus sempre. Publicitário e Produtor Cultural. Entusiasta de tudo aquilo que o Estado não consegue controlar. Abaixo aos muros, que se construa janelas para o amanhã
Siga o Criptomoedas Fácil no InstagramCLIQUE AQUI !!!