Início Notícias Co-fundadora da Tezos afirma que a criptomoeda pode ser lançada em breve

Co-fundadora da Tezos afirma que a criptomoeda pode ser lançada em breve

733
0

A novela envolvendo a criptomoeda Tezos deixou muitos investidores perguntando-se quando o projeto será realmente lançado, porém, finalmente, parece que eles receberam uma boa notícia. Durante a conferência Cyber Days, realizada pelo Blockchain Lab da Universidade da Califórnia (UCLA, na sigla em inglês) neste último domingo, 18 de fevereiro, Kathleen Breitman, co-fundadora da moeda digital, prometeu que todos iriam “correr como loucos” e avançar com o lançamento da plataforma. Se a co-fundadora do projeto estiver certa, os tokens “tezzies” (XTZ) deverão estar disponíveis dentro de algumas semanas.

Grande ICO, riscos maiores

A Tezos tornou-se conhecida ao arrecadar mais de US$200 milhões em sua oferta inicial de moeda (ICO, na sigla em inglês), uma das maiores da história. No entanto, o projeto que parecia promissor se viu envolto em uma série de denúncias de irregularidades e comportamentos suspeitos, especialmente envolvendo a Fundação Tezos.

Várias ameaças de processos chegaram a ser feitas e algumas estão em andamento, o que despertou a desconfiança da comunidade em relação ao projeto, e, principalmente, a apreensão de quem investiu na sua ICO. Nem mesmo o lançamento de uma carteira não-oficial, a TezBox, foi suficiente para trazer maior tranquilidade e confiabilidade ao projeto.

O lançamento, que foi adiado de dezembro do ano passado para fevereiro deste ano, vinha despertando maior apreensão, à medida em que o fim do mês se aproximava e as notícias esperadas não apareciam.

Uma luz no fim do túnel

No entanto, os fundadores da Tezos, o casal Arthur e Kathleen Breitman, também estão ansiosos para finalmente lançar a plataforma e deixar para lá os problemas do passado.

Durante seu discurso na UCLA, Kathleen ressaltou o comprometimento da equipe para realizar o lançamento dos tokens no mercado nas próximas semanas. De forma bastante ousada, ela afirmou:

“Nós planejamos liberar o token e ‘correr como loucos’ nas próximas semanas. Podemos liberar o token em nossos próprios termos. Por algum tempo, senti como se estivesse sendo ‘esquiva’, mas depois me libertei do fardo moral que possuía. Foram coisas necessárias para avançarmos. É injusto, mas precisamos enviar o código.”

Kathleen não foi a única a se manifestar sobre a demora no lançamento da plataforma. Em um vídeo postado no seu canal no dia 16 de fevereiro, Arthur Breitman lançou atualizações sobre o desenvolvimento da plataforma, os melhoramentos que estão sendo feitos e reforçou a opinião de que um lançamento é possível dentro das próximas semanas.

Negociações e um fork precoce

Embora ainda não existam negociações oficiais dos tokens XTZ, a exchange Hitbtc lançou negociações de futuros da moeda digital, o que fez com que a sua cotação aumentasse 6%. Atualmente os tokens valem cerca de US$2,92 (até o fechamento deste artigo), valor bem inferior em relação ao seu pico em dezembro, quando chegou a valer US$10,51.

Como se não bastasse, a Tezos pode tornar-se o primeiro projeto de criptomoeda a ter um fork antes do seu lançamento. A divisão é evidente no Twitter, onde há uma escolha entre a conta Tezos (que ficou em silêncio desde setembro), a conta da Fundação Tezos, cujo presidente é o polarizador Johann Gevers, e depois a Fundação T2 Breitmans, que está “empenhada em certificar-se de que a rede Tezos tenha um local adequado, seguro e oportuno para o lançamento”.

Ao investidor, resta acompanhar os acontecimentos e esperar que o lançamento e as negociações tenham início o mais rápido possível, de forma segura e estável.

COMPARTILHAR
Coach financeiro, escritor e colunista no Criptomoedas Fácil. Jogador de poker, ambos por paixão e vocação.