CNBC

Em uma matéria divulgada ontem pela CNBC (canal americano dedicado à notícias de negócios), o fundador e analista da Standpoint Research, Ronnie Moas, diz acreditar que o Bitcoin atingirá um preço de US$5.000 em 2018 e US$50.000 em 10 anos. Ele também afirmou que o Ethereum (ETH) provavelmente deve dobrar de preço chegando à US$400 durante este ano.

Em seu relatório publicado no final de julho de 2017, Moas disse que as criptomoedas devem manter seu desempenho sólido e roubarão investidores de outros ativos, como ações, títulos, moedas fiduciárias e outros metais preciosos no mercado.

Eu acho que os investidores devem tentar incluir as criptomoedas em seus portfólios, e segurar por alguns anos. Se você perder alguns dólares, pelo menos você tentou. Na vida, você sente falta de cada oportunidade perdida. Provavelmente seria pior ficar de fora só olhando mais uma alta de 1.000%. (…) Na minha opinião, a caixa de pandora foi aberta, e as criptomoedas continuarão a crescer e levarão o mercado para longe das ações, outros metais preciosos, títulos e moedas.

Moas ainda disse que investiu em 10 das 20 principais criptomoedas, para diversificar. Além das duas principais moedas digitais, o analista também acredita que o Litecoin (LTC) deva chegar aos US$80 por unidade.

O relatório vem logo antes da divisão da rede do bitcoin nesta terça-feira (01/08), que alguns desenvolvedores avançaram com uma atualização agendada conhecida como Bitcoin Cash (BCH).

Abaixo segue o vídeo vinculado à notícia da CNBC:

Bitcoin to surge nearly 80% to $5,000, ethereum to double, Standpoint’s Moas predicts from CNBC.

loading...