Início Entrevista CEO da Stratum CoinBr anuncia nova plataforma dedicada aos traders do Brasil...

CEO da Stratum CoinBr anuncia nova plataforma dedicada aos traders do Brasil e do mundo

966
1
CEO da Stratum CoinBr anuncia nova plataforma dedicada aos traders do Brasil e do mundo

Rocelo Lopes, CEO da plataforma Stratum CoinBr, tem transformado seus projetos em sucessos indiscutíveis. O empresário, teve o primeiro contato com o Bitcoin em 2013 quando um cliente pagou suas dívidas com mais de 1 mil Bitcoin (a dívida total era de US$180 mil e o BTC valia menos de US$200 na época) e de lá para cá sua história ajudou a moldar o ecossistema de criptomoedas no Brasil.

Lopes foi um dos investidores anjos da FoxBit, a exchange que por muito tempo foi líder isolada entre as plataformas nacionais (hoje vive dificuldades em sua transição de plataforma), além disso, fundou a coinBR.net, uma plataforma de criptomoedas que vai muito além de ser apenas uma intermediária entre compradores e vendedores, mas uma solução completa que envolve um avançado sistema de PDV para criptomoedas, o SmartPay; a SmartWallet, sem dúvida uma das carteiras mais completas da América Latina que possibilita desde o simples armazenamento de criptomoedas até pagamentos de boletos, impostos, recarga de celular; e, por último a Atar Band, uma pulseira de pagamento instantâneo, aceita em todas as máquinas de cartão de crédito (PDV) da MasterCard, que opera diretamente com SmartCash, e hoje já pode ser usada em mais de 2,5 milhões de estabelecimentos em todo o Brasil.

Em 2017, a CoinBr.net foi incorporada ao fundo de venture capital, Stratum, com sede em Hong Kong. Além de dinheiro, a Stratum injetou novas tecnologias, funcionalidades e técnicos na plataforma, alavancando a internacionalização e proporcionando um crescimento ainda maior ao projeto de Lopes, que tem como meta transacionar cerca de US$ 500 milhões em criptomoedas. Entre os sucessos do empresário, também está a CoinPY – nada menos que a maior operação de mineração da América Latina e uma das maiores do mundo. Segundo estimativas, CoinPY produz mais de 8 bitcoins por dia.

Mas o empresário não está satisfeito, e, encara que ainda existe uma série de desafios para impulsionar a adoção do ecossistema cripto e, com isto, novas oportunidades de negócio. Entre os projetos Rocelo Lopes se uniu ao especialista em investimentos Marcos Lima e a advogada Eliane Medeiros para lançar a Cointrade. É nele que tem dedicado mais tempo, desenvolvimento e ‘carinho’.

De acordo com ele, a Cointrade será uma plataforma inovadora e inteiramente dedicada – como o nome diz – a operações de trade, o que inclui ferramentas únicas usadas nas maiores plataformas de trade do mundo e funções exclusivas no mercado nacional. Para falar um pouco mais sobre a Cointrade e o que vem por aí, o Criptomoedas Fácil conversou diretamente com Rocelo Lopes. Confira os principais trechos desta conversa:

Cointrade não terá KYC

“Na Cointrade, por exemplo, não vamos trabalhar com preenchimento de KYC, o usuário vai criar seu login e senha, configurar as questões de segurança e sair ‘traidando’, assim, simples e direto, sem burocracia, sem ter que ficar mandando foto segurando documento, sem ter que aguardar aprovações para limites maiores… Enfim, nosso objetivo é ser simples, rápido e eficiente. Estamos buscando com a Cointrade fazer uma plataforma verdadeiramente conectada com os princípios do ecossistema cripto.”

Pares de Negociação

“Estamos construindo uma plataforma 100% automatizada com vários pares de negociação em criptomoedas, mas a paridade inicialmente somente em real, no entanto, já está em nosso roadmap paridade em dólar e em euro, moedas que inclusive pretendemos aceitar depósitos em fiat. Mas isso será construído ao longo do tempo, temos um projeto bem ambicioso para estar entre os principais do mundo. No total, nesta primeira fase, vamos ter 10 moedas negociadas (Bitcoin, Ethereum, Bitcoin Cash, Dash, Iota, Ripple e Litecoin, Bitcoin Gold, SmartCash e DigiByte).”

Lançamento e Cadastro

“O lançamento da plataforma será no dia 18 de agosto. Agora ela já está em funcionamento mas liberamos para poucas pessoas se cadastrarem, porque estamos em fase de testes em um ambiente bem controlado, portanto os volumes hoje são mais baixos, mas estamos olhando tudo para, assim que irmos de vez a público, ter uma plataforma robusta, simples e segura para nossos usuários. Eu mesmo tenho pedido para alguns trades, alguns inclusive que atuam na Stratum, entrarem na plataforma da Cointrade, para testar novas aplicações, para que possamos testar tudo e não termos nenhuma surpresa. Como disse, queremos iniciar no Brasil a melhor e mais rápida plataforma de trade.”

Ted em menos de 15 min

“Hoje um dos grandes problemas para os trade e investidores de Bitcoin e criptos é o tempo de confirmação das transferências nas exchanges. Em um cenário de alta, por exemplo, quanto mais tempo o dinheiro demora para entrar na plataforma, mais o preço sobe e menos oportunidade os clientes acabam tendo acesso. Em nossa parceria com a Stratum CoinBr, temos desenvolvido soluções de tecnologia para encurtar este tempo e confirmar transações em menos de 15 minutos, quando ocorrem entre contas do mesmo banco e, no máximo 30 minutos, quando ocorrer ted de outros bancos para nossa conta. É claro que esta é uma meta ambiciosa pois este processo envolve também uma série de processos de compliance dos bancos, aos quais não temos como ter gestão, mas isto, do ponto de vista tecnológico, estamos investindo no que há de mais moderno e seguro para encurtar cada vez mais esta burocracia.”

Concorrentes

“Em um primeiro momento as pessoas podem dizer “Mas você está criando um concorrente para você mesmo“, em referência a Cointrade e a Stratum CoinBr, mas isso não é verdade. A proposta com a Stratum CoinBr é ser um provedor de serviços amplos, muito mais que uma plataforma de trade, temos uma wallet integrada muito avançada que permite desde armazenamento até recargas de smarthphones, isso já é muito mais do que qualquer exchange no Brasil oferece. Além disso temos, na CoinBr, soluções para que as pessoas possam aceitar criptomoedas em seus comércios, lojas, etc. Agora, na Cointrade, não vamos ter nada disso, será uma plataforma única e exclusivamente dedicada para trade que será aperfeiçoada cada vez mais para oferecer aos nossos clientes experiências de trade únicas, atrativas e conectadas com o que há de mais moderno em todo o universo cripto.”

Bank-to-Crypto, a transação mais rápida do mundo, 24 horas por dia, 7 dias por semana

“Para que vocês tenham uma noção do quanto estamos investindo em tecnologia e o quanto desejamos aprimorar cada vez mais nosso serviços. Recentemente operacionalizamos a transação de cripto mais rápida do mundo por meio de uma solução que desenvolvemos em parceria com a Stratum que é o Bank-to-Crypto, BKTC. Por meio dele, um determinado usuário nosso, fora do horário comercial, por volta das 19h, observou que o preço da SmartCash começava a subir e resolveu investir na criptomoeda. Então, utilizando o BKTC, ele fez uma transferência da conta dele do Itaú para a nossa e, automaticamente, nossa API identificou o valor, identificou a transação e enviou a quantidade correspondente de SmartCash para a carteira do usuário. Então, como a SmartCash tem uma rede blockchain muito rápida, todo o processo, desde o momento da transferência ao recebimento da carteira, foi feito em menos de 10 minutos. Isso é um recorde não só no Brasil mas no mundo inteiro e deixou nossa equipe extremamente feliz, pois mostrou que o caminho que temos trilhado está correto. Agora nossa meta é baixar ainda mais este tempo para 7 minutos. O mais legal é que esta transação também funcionaria em um domingo, por exemplo. A qualquer horário, sete dias por semana, uma transação como essa aconteceria. Isso é único.”

BKTC na Cointrade

“Na Cointrade vamos ter um recurso muito similar ao BKTC, mas como neste novo projetos estamos focados no trade, as soluções serão mais voltadas à confirmação das transferências e TEDs que, como disse, queremos reduzir para no máximo 15 minutos (entre contas do mesmo banco) e 30 minutos (ted de outros bancos). O que posso dizer é que estamos investindo muito recurso em tecnologia para garantir a segurança da plataforma, além de serviços simples, rápidos e sem burocracia.”