Início Notícias CEO da Coinbase admite possuir mais Ethereum do que Bitcoin

CEO da Coinbase admite possuir mais Ethereum do que Bitcoin

926
0

Brian Armstrong, CEO da Coinbase, maior corretora de criptomoedas dos Estados Unidos, possui mais Ethereum do que Bitcoin, de acordo com informações divulgadas em seu perfil na lista Fortune 40 under 40 (lista das 40 pessoas com menos de 40 anos mais influentes no mundo dos negócios, promovida pela Fortune, revista norte-americana sobre negócios).

Armstrong, que agora possui muito mais Ethereum do que Bitcoin, é responsável por introduzir grande parte da América no universo das criptomoedas. Sendo a maior corretora do mundo de moeda digital, a Coinbase duplicou a quantidade de clientes em 2016, enquanto o volume de negócios em 2017 já cresceu aproximadamente oito vezes comparado ao passado, dizia seu perfil na revista Fortune.

Durante os últimos anos, a Coinbase desempenhou um papel importante na facilitação da demanda dos consumidores por Bitcoin. Em 2014, a empresa foi avaliada em US$400 milhões, que significava mais de 10% da avaliação de mercado do Bitcoin na época. Porém ao longo do tempo, a corretora de criptomoedas começou a diversificar seus serviços incluindo outras blockchains, como o Ethereum.

Em agosto, a Coinbase apresentou oficialmente o Toshi, seu primeiro aplicativo para celular, com a primeira aplicação externa fora da cadeia principal de negociação da corretora. O conceito por trás do Toshi foi criar um aplicativo estilo WhatsApp para usuários de Ethereum poderem enviar a receber pagamentos com facilidade. “Com este aplicativo, nosso objetivo a longo prazo é fornecer serviços financeiros aos dois bilhões de pessoas no mundo que têm um telefone celular mas não têm acesso a uma conta bancária. Fazer com que a moeda digital deixe de ser apenas um investimento especulativo e passe a ser uma rede de pagamento de bens e serviços.

Ao longo dos últimos 12 meses, o interesse pessoal de Armstrong por Ethereum foi refletido nos projetos da Coinbase. Nos próximos meses, espera-se que a empresa lance uma atualização importante para o Toshi, o que deve atrair mais usuários para o Ethereum. No entanto o CEO da Coinbase recebeu diversas críticas da comunidade do Bitcoin em relação ao seu entusiasmo pelo Ethereum, porém os projetos com a moeda digital criada por Vitalik Buterin continuam em desenvolvimento.

Atualmente, o Ethereum é a única blockchain que se aproxima do Bitcoin em termos de atividade de desenvolvimento. Outras grandes blockchains, incluindo Ripple, Bitcoin Cash e Litecoin, estão significamente atrás nesse sentido. Historicamente, a atividade de desenvolvimento tem sido um indicador preciso para avaliação do valor das moedas digitais.

A Coinbase parece atraída pela maior capacidade de transação do Ethereum e pela sua blockchain mais flexível.

COMPARTILHAR
Publicitária, planejadora estratégica e entusiasta do universo cripto. Confia nas mudanças que a tecnologia irá trazer para a sociedade.
Siga o Criptomoedas Fácil no InstagramCLIQUE AQUI !!!