ETH

O Ethereum (ETH) é uma das principais criptomoedas existentes no mundo. A moeda, que chegou a subir mais de 3000% apenas em 2017, é presença recorrente como a segunda moeda com maior marketcap do mercado (atualmente em 27 bilhões de dólares, segundo o CoinMarketCap).

Como se não bastasse a enorme valorização, a moeda também traz uma proposta inovadora: a de ser uma plataforma de lançamento para outras criptomoedas, através dos chamados smart contracts (contratos inteligentes). Vários projetos já foram lançados através da plataforma, como o famigerado DAO e a plataforma de computação descentralizada SONM. Todos esses projetos emitiram tokens via blockchain da ETH, o que traz a necessidade de uma wallet que seja capaz de armazenar todos esses tokens em segurança e com praticidade. E ela já existe.

Uma das principais carteiras para ETH é a MyEtherWallet, também conhecida como MEW. Trata-se de uma carteira com dupla vantagem: é uma paper wallet, o que traz mais segurança para o usuário, e também possibilita o armazenamento de tokens ERC-20.

A MEW funciona de forma similar à Nano S, carteira física fabricada pela Ledger. É um dispositivo no qual pode ser feito o armazenamento de várias moedas diferentes, dando ao portador mais segurança e a praticidade de ter todas as suas moedas em um local só, sem risco de perdas. A mesmo coisa serve para a MEW e a sua possibilidade de armazenar vários tokens, assim como ETH e Ethereum Classic (ETC).

Mesmo não sendo a carteira oficial da rede Ethereum (a oficial é a Mist), recomendo fortemente o uso dela se você deseja armazenar outros tokens em um só lugar. Dentro da MEW é possível escolher entre os tokens já cadastrados ou, caso você tenha um token ainda não registrado, efetuar o cadastro. Basta digitar o endereço do smart contract do token, completar as informações pedidas e pronto!

Eu criei uma MEW recentemente e posso dizer que a mesma é extremamente prática e segura. Além da chave privada, existe também uma senha de acesso, criada pelo próprio usuário. Por ser uma paper wallet, não depende de nenhum servidor externo; os fundos ficam disponíveis para acesso em qualquer local e horário.

Para criar uma MEW, basta acessar o site MyEtherWallet.com e clicar em “New Wallet” e seguir os passos solicitados. Ao final do processo, o site vai gerar um PDF com a carteira, a qual deve ser impressa e guardada em local seguro, pois contém a chave privada impressa no arquivo. Além disso, também será dado um arquivo UTC para download, o qual, juntamente com o password criado pelo usuário, irá servir para acessar a carteira de forma mais rápida. É possível acessar sem esse arquivo, mas então será necessário digitar todos os caracteres da chave privada. Portanto, guarde o arquivo em um local seguro no seu computador – e nunca guarde sua chave privada junto com ele!

A MEW permite a transferência de tokens com rapidez e segurança. Possui uma interface bastante amigável, um bom funcionamento, não deixa o usuário a mercê de algum terceiro de confiança e serve como um hub para todos os tokens da rede ETH. Trata-se, portanto, de uma excelente opção para quem procura segurança e um bom custo-benefício.


Para mais notícias sobre o Bitcoin, Ethereum, Altcoins e Blockchain siga-nos em nossas redes sociais:

Facebook: https://www.facebook.com/criptomoedasfacil/
Youtube: https://www.youtube.com/c/criptomoedasfacilcf
Telegram: http://telegram.me/criptomoedasfacil
Twitter: https://twitter.com/criptofacil
Linkedin: https://www.linkedin.com/company-beta/16170094
Instagram: https://www.instagram.com/criptofacil 

loading...
  • Rudinei Fonseca

    Pode ser uma bela carteira. Fala em excelente custo-benefício…Mas não fala do custo. Artigo incompleto.

    • Boa noite Rudinei, como o autor do texto mencionou é uma paper wallet o único custo que teria seria de uma folha sulfite !

      • Rudinei Fonseca

        Obrigado pelo esclarecimento…

  • Roken

    Eu ouvi falar que as Paper Wallets são boas somente para guardar ativos para longuíssimo prazo, pois se for utilizada uma única vez a Paper Wallet perde sua segurança. Então somente seria recomendável para se fazer uma única transação esvaziando com isso toda a sua carteira. Correto?
    Outra dúvida é referente a cobrança das taxas de rede para transações na blockchain (fee) ao utilizar esta MyEtherWallet que você mencionou. É possível selecionar a taxa desejada para enviar uma transação (prioridade da transação) na MEW, assim omo por exemplo é possível configurar na carteira da Electrum?

    • Luciano Rocha

      Isso mesmo, Roken. O saque dos fundos requer o uso da chave privada, o que pode comprometer a segurança da carteira se feitos muitos saques. Portanto, é mais recomendado para receber tokens.

      Sobre as fees, desconheço a opção da taxa, pois nunca a utilizei para saques. Por ser uma paper, é provável que venha com uma taxa é velocidade de envio padrões.

      Espero ter ajudado.