Início Notícias Candidatos à presidência do Brasil concordam que o país deve implementar identidade...

Candidatos à presidência do Brasil concordam que o país deve implementar identidade digital

452
0
Candidatos à presidência do Brasil concordam que o país deve implementar identidade digital

A estratégia dos candidatos à presidência do Brasil são diversas e envolvem desde o uso das redes sociais até retiros espirituais. No entanto, apesar de proporem diferentes ferramentas, todos os principais postulantes ao cargo concordam que é preciso modernizar os processos administrativos do Brasil e criar uma espécie de identidade digital única, tal qual acontece na Estônia, como mostrou o Criptomoedas Fácil.

A afirmação foi feita por pelo menos cinco dos 13 candidatos a presidente durante o evento GovTech Brasil, ocorrido em São Paulo, na semana passada, que reuniu os candidatos Geraldo Alckmin (PSDB), João Amoêdo (Novo), Guilherme Boulos (PSOL), Henrique Meirelles (MDB) e Marina Silva (Rede). Além deles, concorrem à presidência Alvaro Dias (Podemos), Cabo Daciolo (Patriota), Ciro Gomes (PDT), Jair Bolsonaro (PSL), João Goulart Filho (PPL), José Maria Eymael (DC), Lula (PT) e Vera Lúcia (PSTU).

Entretanto, embora tenham declarado seus desejos de, caso sejam eleitos, de implementar uma identidade digital e ampliar o uso de tecnologia na prestação de serviços públicos, nenhum deles indicou que esta proposta deve integrar os respectivos planos de governo ou mesmo ser abordada com mais convicção durante os programas eleitorais ou materiais de campanha.

A adoção de uma identidade digital única no Brasil abriria um campo gigante para aplicação da tecnologia blockchain, que vem sendo estudada em todo o mundo para garantir a imutabilidade dos dados e também para proteção das informações dos cidadãos.