Início Notícias Brasileiro especializado em criptomoedas diz que o momento atual é a chave...

Brasileiro especializado em criptomoedas diz que o momento atual é a chave para o preço do Bitcoin

858
0
Brasileiro especializado em criptomoedas diz que o momento atual é a chave para o preço do Bitcoin

Mesmo com a queda expressiva no preço do Bitcoin e das demais criptomoedas desde a alta histórica em dezembro de 2017, especialistas têm apontado que este pode ser um dos períodos em que o BTC tem mostrado maior resistência e menor variação de preço.

Como revela Sam Ouimet, analista de criptomoedas, no ultimo mês, o Bitcoin foi negociado em um intervalo de pouco menos de US$1.500 e, portanto, sua menor variação mensal desde julho de 2017. Além disso, o volume mensal de negociações ao longo de setembro marcou o menor valor desde abril de 2017. Ouimet argumenta que este perídio pode representar um momento decisivo para a criptomoeda.

“Períodos de baixa volatilidade muitas vezes chegam a um fim turbulento para o Bitcoin, especialmente quando acompanhados de baixo volume, então parece que a criptomoeda está se preparando para um movimento decisivo em qualquer direção”, disse.

Quem compartilha deste pensamento é o especialista em mercado financeiro Paulo Boghosian, instrutor do curso de investimento focado em Bitcoin e criptomoedas chamado “Investimento em Criptoativos”, que será ministrado por Kos na Blockchain Academy. Para Boghosian, o Bitcoin, e com ele o mercado de criptomoedas como um todo, vive um momento tenso em que um movimento para cima ou para baixo será difícil de “segurar”.

“Nos últimos meses, estamos vivenciando uma batalha entre bulls e bears após um primeiro semestre extremamente bearish, quando o BTC perdeu aproximadamente dois terços do seu valor. Ainda não existe evidência clara de que esta tendência tenha sido revertida, mas no momento existem fundamentos para as duas narrativas. No lado dos bulls há o início da negociação na plataforma BAKKT em Novembro, que é a plataforma de criptoativos da ICE, a maior operadora de bolsa do mundo, bem como a possível aprovação do ETF (final de 2018-inicio de 2019), o que trará uma liquidez sem precedentes para o mercado cripto. Já no lado dos bears existe a preocupação com o stablecoin da Bitfinex – o tether, que ganhou um novo episódio essa semana quando o Noble Bank de Porto Rico, que supostamente abrigava as reservas em dolares usadas para fazer o lastro do tether anunciou que está a venda; e há também a crescente regulamentação das agências americanas (SEC e CFTC) principalmente em cima das exchanges , com o recente fechamento da plataforma 1broker”, destaca Boghosian.

Além disso, como revelou o Criptomoedas Fácil, um outro movimento pode ser decisivo para a adoção das criptomoedas, afinal um conjunto global de regras para o comércio de Bitcoin e outras criptomoedas deve ser apresentado neste mês, durante as reuniões do G20 em Bali, na Indonésia. As “normas” serão apresentadas pelo Financial Action Task Force (FATF) e devem impactar, principalmente, as exchanges de criptomoedas, que podem ter que adotar as normas impostas pela (FATF), com a finalidade de evitar que os ativos digitais sejam usados em atividades envolvendo lavagem de dinheiro.

COMPARTILHAR
Toda honra e Glória pertencem a Deus sempre. Publicitário e Produtor Cultural. Entusiasta de tudo aquilo que o Estado não consegue controlar. Abaixo aos muros, que se construa janelas para o amanhã
Siga o Criptomoedas Fácil no InstagramCLIQUE AQUI !!!