Início Notícias Bitcoin volta a valer menos de US$8 mil e mercado de criptomoedas...

Bitcoin volta a valer menos de US$8 mil e mercado de criptomoedas perde US$11 bilhões

525
0

O preço do Bitcoin caiu quase 4% imediatamente depois que Comissão de Valores Mobiliários dos EUA (SEC, na sigla em inglês) rejeitou pela segunda vez o pedido de ETF dos irmãos Winklevoss nesta quinta-feira, 26 de julho.

Coincidência ou não, nesta sexta-feira, 27 de julho, o Bitcoin viu seu preço voltar a valer menos de US$8 mil e até o fechamento deste artigo a criptomoeda era cotada a US$7.969, de acordo com dados da ferramenta Coinmarketcap. No Brasil, a queda acompanhou o mercado internacional e o Bitcoin era cotado a R$30.170, segundo a ferramenta bitValor.

Segundo o artigo publicado pela agência de notícias CCN, a queda repentina no preço do Bitcoin levou outros grandes ativos digitais do mercado a cair substancialmente tanto em valor quanto em volume. Consequentemente, o mercado de criptomoedas em geral perdeu US$11 bilhões em valorização durante esta durante.

A maioria das criptomoedas experimentaram quedas significativas em seus preços, em torno de 5 a 12%. Com exceção da VeChain (VEN) que registrou um aumento de 20%.

WanChain, Komodo, Stratis, Polymath, Aion, Stellar e Basic Attention Token, que tiveram um bom desempenho em relação ao Bitcoin e ao dólar americano nos últimos cinco dias, registram os piores desempenhos desta sexta-feira, perdendo quase 12% de seu valor contra o dólar americano.

Embora a queda no preço da Stellar fosse esperada devido ao aumento de 20% no preço em 25 de julho, provavelmente por conta do anúncio de uma parceria estratégica, o declínio da BAT, POLY e KMD foi inesperado, dado seu forte desempenho ao longo de julho.

COMPARTILHAR
Publicitária, planejadora estratégica e entusiasta do universo cripto. Confia nas mudanças que a tecnologia irá trazer para a sociedade.
Siga o Criptomoedas Fácil no InstagramCLIQUE AQUI !!!