Início Notícias Bitcoin vê seu preço cair para menos de US$7 mil durante o...

Bitcoin vê seu preço cair para menos de US$7 mil durante o fim-de-semana

564
0
Bitcoin vê seu preço cair para menos de US$7 mil durante o fim-de-semana

Neste sábado, 04 de agosto, o preço do Bitcoin caiu para menos de US$7 mil, registrando US$6.963, conforme dados da ferramenta Coinmarketcap. A queda de preço acontece no mesmo momento em que o mercado de criptomoedas recebeu uma das notícias mais positivas dos últimos tempos.

No domingo, 05 de agosto, a criptomoeda viu seu preço oscilar, recuperando-se levemente, mais caindo novamente, dessa vez para abaixo da registrada no sábado, sendo cotada a US$6.953. Nesta segunda-feira, até o fechamento deste artigo, o Bitcoin tinha recuperado um pouco de seu fôlego e era cotado a US$7.036.

De acordo com o artigo publicado pela agência de notícias News BTC, a grande maioria dos investidores de curto prazo utilizam as exchanges para comprar e vender seus ativos digitais. No entanto, de acordo com um relatório da empresa Tabb Group, o mercado OTC (mesas de negociação) de Bitcoin é incomparavelmente maior do que o mercado de exchanges, em pelo menos duas ou três vezes. Assim, se o mercado de exchanges responde à apenas 25% da liquidez, é mais provável que grandes varejistas do mercado OTC tenham manipulado o preço do Bitcoin

Na última sexta-feira, 03 de agosto, dia que antecedeu a queda de preço do Bitcoin, o setor de criptomoedas noticiou que a Bolsa de Nova York (NYSE), maior mercado de ações do mundo, o Starbucks, varejista de café, e a Microsoft, conglomerado de tecnologia, estavam liderando um esforço colaborativo para aumentar a usabilidade dos ativos digitais, com o intuito de aumentar a quantidade de usuários casuais e levar as criptomoedas ao mainstream.

A NYSE enfatizou que o Bitcoin tem potencial de tornar-se a primeira moeda do mundo a competir com moedas apoiadas por governos.

“O Bitcoin simplificaria muito o movimento do dinheiro global. Ela tem o potencial de tornar-se a primeira moeda mundial”, disse Jeffrey Sprecher, fundador da ICE, Intercontinental Exchange, mega grupo financeiro que detém o controle da NYSE.

É plausível que as mesas de negociação tenham aumentado substancialmente a volatilidade do mercado com a liquidação de grandes ordens de compra e venda, e em um período como este, pode-se afirmar com certeza que a evolução e as notícias não estão afetando o mercado de criptomoedas e seus mercados.

COMPARTILHAR
Publicitária, planejadora estratégica e entusiasta do universo cripto. Confia nas mudanças que a tecnologia irá trazer para a sociedade.