Início Notícias Bitcoin adiciona mais de 54 milhões de novos usuários

Bitcoin adiciona mais de 54 milhões de novos usuários

191
1
Bitcoin adiciona mais de 54 milhões de novos usuários

2018 tem sido, majoritariamente, um ano de desvalorização para o Bitcoin, que viu seu valor derreter desde a máxima histórica em dezembro de 2017, quando o criptoativo chegou a quase US$20 mil. No entanto, mesmo com o BTC sendo cotado na faixa dos US$3.000 atualmente, o apetite do público por esta nova forma de dinheiro não diminuiu e, segundo pesquisas da Universidade de Cambridge, cerca de 54 milhões de novos usuários “entraram” no ecossistema cripto/blockchain ao longo do ano.

De acordo com o relatório, produzido pelo Centro de Finanças Alternativas de Cambridge, o número de pessoas familiarizadas com a tecnologia saltou de 85 milhões em 2017 para mais de 139 milhões somente nos três primeiros trimestres deste ano.

“Combinando dados públicos e resultados de pesquisas, estimamos que o número total de contas de usuários em provedores de serviços seja de pelo menos 139 milhões no final de 2018”, diz o relatório.

crescimento da base de usuários crypto
Não só houve aumento no número de novos usuários, mas também de contas verificadas que, segundo a pesquisa, hoje é até sete vezes maior que no ano passado. Em 2017, o número de usuários verificados nos provedores de serviços baseados em criptomoedas foi de 18 milhões, enquanto em 2016 foram cinco milhões. Este ano, o relatório estima que a base de usuários verificada pela ID atingiu a marca de 35 milhões em todo o mundo:

“Usando uma combinação de dados de usuários verificados e a participação média de contas verificadas por IDs descritas acima, também estimamos que atualmente há pelo menos 35 milhões de usuários verificados por ID globalmente.”

Também foi verificado um aumento de usuários ativos, ou seja, aqueles que não apenas se registram nas plataformas, mas que negociam e troca criptoativos com certa regularidade. Em 2016, o percentual de usuários ativos foi de 35%, com leve aumento em 2017, e mais de 3% de crescimento na atividade em 2018, chegando a 38%.

Entre as exchanges também houve novas atividades e o relatório revela que praticamente 89% das plataformas passaram a negociar outras criptomoedas além do Bitcoin. Com relação aos provedores de pagamento, baseados em criptoativos, agora 77% deles já usa outras opções além do BTC. O relatório do Cambridge Center for Alternative Finance também observa que o número de pares comerciais disponíveis no mercado de criptomoedas aumentou para 9 mil no quarto trimestre deste ano, de cerca de 6.500 no ano passado e revela que as exchanges dominam 75% do mercado de compra e venda de criptomoedas.

Compre e Venda Bitcoin, Ethereum, Litecoin e Decred de maneira simples, rápida e segura !!CLIQUE AQUI