Início ICO Concorrente descentralizado – Bee Token – do Airbnb sofre fraude de quase...

Concorrente descentralizado – Bee Token – do Airbnb sofre fraude de quase US$1 milhão

418
0
Bee Token - O concorrente descentralizado do AirBNB

Os investidores da oferta inicial de moeda (ICO, na sigla em inglês) da Bee Token, rede descentralizada de compartilhamento de hospedagem, sofreram uma fraude de quase US$1 milhão nesta última quinta-feira, 1º de fevereiro.

A Bee Token, que recentemente anunciou uma parceria com a WeTrust, plataforma de serviços financeiros da Califórnia, tem o intuito de ser uma concorrente descentralizada do Airbnb, oferecendo serviços de compartilhamento de hospedagem para aluguéis de temporada. Sua ICO foi lançada em 31 de janeiro.

No entanto, enquanto a startup estava focada em executar as vendas de seu token, criminosos que se passaram como operadores da empresa utilizaram endereços de email falsos para contatar potenciais investidores do novo ativo. Estima-se que os criminosos arrecadaram pelo menos US$928 mil dos interessados.

Ainda não se sabe ao certo como os criminosos conseguiram os emails desses investidores potenciais. O esquema envolvia enviar às vítimas, por email, um endereço de Ethereum ou um QR code fraudulentos, dizendo-lhes que se investissem rapidamente poderiam aumentar significativamente seus lucros.

Três endereços de Ethereum, os quais dois foram confirmados como parte do golpe na Bee Token e um foi relacionado à esquemas de phishing em geral, mostram saldos que variam entre US$100 mil e US$600 mil. A primeira transação para um dos três endereços aconteceu no dia 31 de janeiro, ou seja, no mesmo momento que a venda do token foi iniciada.

Em um comunicado divulgado na semana passada, a empresa confirmou a existência de golpes, alertando os investidores que enviem fundos somente para o endereço listado no site oficial da empresa. “Nunca iremos informar qualquer endereço através de qualquer outro canal além do beetoken.com. Se você for solicitado a enviar dinheiro para um endereço (mesmo que seja através de um endereço de e-mail thebeetoken.com), não o faça”, dizia trecho do comunicado.

A pré-venda privada ocorrida em dezembro e o início da venda pública neste ano mostraram-se bem sucedidas. Até agora, a empresa arrecadou aproximadamente US$10 milhões. Porém, com essa fraude envolvendo o token não se sabe qual será o seu futuro. Até o fechamento deste artigo, nenhum representante da Bee Token deu o parecer da empresa sobre o caso.

COMPARTILHAR
Publicitária, planejadora estratégica e entusiasta do universo cripto. Confia nas mudanças que a tecnologia irá trazer para a sociedade.