Início Blockchain Bank of America e Wells Fargo buscam novas patentes de sistemas de...

Bank of America e Wells Fargo buscam novas patentes de sistemas de blockchain

347
0
Bank of America e Wells Fargo buscam novas patentes de sistemas de blockchain

Muitas instituições financeiras por todo o mundo estão de olho na tecnologia blockchain com o intuito de aproveitar seus atributos para melhorar a forma com que lidam com dados. Recentemente, dois grandes bancos norte-americanos registraram pedidos de patentes relacionadas ao assunto.

Segundo o artigo publicado pela agência de notícias Cointelegraph, o Bank of America (BoA) entrou com um pedido de patente para um sistema baseado em blockchain que permite a validação externa de dados, de acordo informação do Departamento de Marcas e Patentes dos Estados Unidos (USPTO), divulgado em 17 de julho.

O registro de patentes da BoA propõe o uso de blockchain para rastrear informações de recursos e confirmar transferências de recursos, e observa que: “Existe atualmente uma necessidade de fornecer uma indicação mais precisa da situação financeira de um usuário, permitindo a validação externa de dados em uma rede de dados de processo.”

A patente descreve como o sistema registraria informações na blockchain com base em “informações agregadas associadas à transferência passada de recursos executados por uma entidade” e atualizaria as informações na blockchain com cada nova atividade de transação.

Também de acordo com o site Cointelegraph, o banco Wells Fargo, de São Francisco, apresentou um pedido de patente para um sistema de tokenização que protegeria os dados, também divulgado pelo USPTO, em 17 de julho.

A aplicação detalha um sistema no qual qualquer tipo de dado – seja um documento, gráfico ou valor do banco de dados – poderia ser localizado, acessado e protegido por meio de tokenização.

A tokenização, como mostra o pedido de patente, usa métodos de criptografia para processar dados originalmente irrestritos em um token restrito correspondente que pode, subsequentemente, ser somente recuperado – ou “destokenizado” – por um usuário especiífico. O sistema aproveita a criptografia para vincular valores específicos a dados em uma assinatura digital autenticada.

COMPARTILHAR
Publicitária, planejadora estratégica e entusiasta do universo cripto. Confia nas mudanças que a tecnologia irá trazer para a sociedade.
Siga o Criptomoedas Fácil no InstagramCLIQUE AQUI !!!