Início Notícias Banco do Brasil, Google e Farm abrem inscrições para programa de aceleração...

Banco do Brasil, Google e Farm abrem inscrições para programa de aceleração de startups

622
0
Banco do Brasil, Google e Farm abrem inscrições para programa de aceleração de startups

A Startup Farm, maior e mais experiente aceleradora da América Latina, acaba de abrir inscrições para a mais nova edição do seu programa de aceleração – o Ahead 10. O programa conta com parceiros de renome como Banco do Brasil,  Google For Entrepreneurs, Falconi Consultores de Resultado e Baptista Luz Advogados. Desde 2011, a aceleradora já realizou 27 programas de aceleração em várias cidades do país, como São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte e Florianópolis. Esta edição acontecerá em São Paulo.

O programa selecionará startups para estarem seis meses em ritmo intenso de aceleração. Todas as edições contam com uma ampla rede de mentores, investidores e especialistas do mercado. A Startup Farm já acelerou, desde 2011, mais de 290 startups que possuem valor de mercado agregado superior a US$1 bilhão. O resultado da seleção sairá em dezembro e o programa terá início em janeiro de 2019.

“O Ahead 10 será o 28º programa de aceleração da Startup Farm, que acaba de fazer 7 anos de existência, acelerando mais de mil fundadores. Sempre esperamos aprofundar o entendimento do mercado de atuação da startup e definir a melhor estratégia para crescer, e esta edição não será diferente. É um período de trabalho muito intenso, de muitas transformações, que vale muito a pena viver”, disse Selson Gomes, coordenador de aceleração da Startup Farm.

Entre as tecnologias que a Farm busca acelerar, a blockchain é mais que bem vinda, afinal projetos de sucesso, que usam a cadeia de blocos, já saíram vencedores do programa, como é o caso do Bart.digital, vencedor do 16º Demo Day da Startup Farm. O Bart.digital utiliza a tecnologia blockchain para substituir um longo processo de autenticação de documentos em cartório do chamado “barter”, uma modalidade de crédito rural pela qual o produtor troca créditos de safra futura por bens e insumos, com diversas vantagens de custo e tempo.

O programa possui três módulos que têm como objetivo dar todas as condições necessárias para que as startups possam desenvolver seus negócios:

●     Laser focus: Com duração de 5 semanas, esta etapa é uma imersão “full-life” para os fundadores trabalharem focados na construção do modelo de negócios da sua startup, com suporte da Startup Farm e de uma ampla rede de mentores, parceiros e investidores. Essa etapa é presencial e acontece em São Paulo.

●    Get Sales Done: Também com 5 semanas, neste módulo a startup trabalhará na construção de uma estratégia de vendas e definirá as principais métricas de desempenho do seu negócio.

●     Fundraising: Com 15 semanas de duração, o objetivo desta etapa é que as empresas aceleradas estruturem uma estratégia de captação de recursos, elaborando uma projeção de necessidade de capital e definam quais os investidores que fazem sentido para o seu negócio.

Depois de passar por todas estas etapas, as startups poderão se apresentar a uma banca de investidores e executivos de grandes corporações para o evento mais esperado do programa – o “Demo Day”.  A Startup Farm poderá investir até R$ 150 mil por um percentual do negócio a ser definido conforme valuation na rodada seguinte de investimento. Além disso, as startups aceleradas terão também acesso à R$1,2 milhões em benefícios de empresas parceiras e ferramentas de trabalho.

As inscrições podem ser feitas até o dia 04 de novembro no site.