Início Blockchain Banco Central da Rússia estuda a utilização do Ethereum para pagamentos

Banco Central da Rússia estuda a utilização do Ethereum para pagamentos

392
0

O Banco Central da Rússia está pensando em usar o software Blockchain Masterchain para operações financeiras da SWIFT, através da União Econômica da Eurásia (UEE, na sigla em inglês), segundo afirmação de uma fonte da instituição na última terça-feira, 03 de abril.

Segundo a agência de notícias russa Tass,Olga Skorobogatova, a primeira vice-presidente do Banco Central do país, afirmou que estão sendo pensadas soluções para otimizar esses pagamentos, incluindo soluções baseadas em blockchain:

“Uma discussão ativa está em andamento e estamos analisando várias tecnologias de qualidade, incluindo a Masterchain.”

Skorobogatova explicou que a Masterchain está sendo avaliada em um contexto mais amplo de como a tecnologia blockchain poderia criar uma “infra-estrutura supranacional” para pagamentos dentro da união econômica, permitindo que os estados membros possam encontrar alternativas aos sistemas de pagamento existentes, como o próprio SWIFT. O teste inicial será realizado na Rússia e, em seguida, expandido para os demais membros do bloco.

Quanto ao prazo de mais deliberações sobre o Masterchain poderem ocorrer, Skorobogatova afirmou:

“Acho que discutiremos opções sobre este projeto ainda neste ano.”

Proximidade com a blockchain

O passo dado pela Rússia não se trata de uma novidade isolada. O Banco Central do país tem estado envolvido ativamente com blockchain e criptomoedas – adotando uma abordagem particularmente rígida para o último. Em 2017, o país emitiu alertas sobre os riscos associados aos investimentos em criptoativos e apoiou os esforços para bloquear sites que vendem criptomoedas no país.

Já com a tecnologia Blockchain a tolerância russa aparentemente tem sido maior: vários testes com diversas blockchains já foram colocados em prática. A Federação Russa de FinTechs, formada sob a supervisão do Banco Central, realizou com sucesso um teste do software baseado em Ethereum em 2016, e completou uma versão funcional em 2017.

A UEE é um bloco econômico formado pela Rússia e por algumas nações que compunham a extinta União Soviética, como a Armênia e a Bielorrússia. Além dos países-membros, o bloco possui acordos de livre comércio com diversas nações, formando um bloco que reúne quase 200 milhões de pessoas e um PIB estimado em 4 trilhões de dólares.

Siga o Criptomoedas Fácil no InstagramCLIQUE AQUI !!!