Início Notícias Autoridades globais juntam-se para combater a evasão fiscal possibilitada pelas criptomoedas

Autoridades globais juntam-se para combater a evasão fiscal possibilitada pelas criptomoedas

285
0
Autoridades globais juntam-se para combater a evasão fiscal possibilitada pelas criptomoedas

Líderes de autoridades de fiscalização de impostos de todo o mundo uniram-se para combater crimes financeiros globais, possibilitados por criptomoedas e outras tecnologias. O grupo formado, denominado Joint Chiefs da Global Tax Enforcement, ou J5, será composto por participantes da Austrália, dos EUA, da Holanda, do Canadá e do Reino Unido.

Segundo o artigo publicado pela agência de notícias News BTC, a ideia por trás do esforço colaborativo é compartilhar informações e aumentar a capacidade de seus membros para operar contra crimes financeiros globais.

O J5 será composto por agências fiscais, incluindo: Receitas e Alfândegas dos EUA, Investigação Criminal da Receita Federal dos EUA, Comissão de Inteligência Criminal da Austrália, Repartição de Impostos da Austrália, Agência Canadense de Receitas e o Serviço de Informação Fiscal e Investigação da Holanda.

Uma declaração publicada nesta terça-feira, 03 de julho, no site da IRS (Receita Federal dos EUA) diz:

“Estamos convencidos de que as estruturas offshore e os instrumentos financeiros, geralmente utilizados para a execução de crimes fiscais e de lavagem de dinheiro, são prejudiciais aos interesses econômicos, fiscais e sociais de nossos países.”

Ele prossegue afirmando que o J5 investigará aqueles que permitem a lavagem de dinheiro global, bem como aqueles que se beneficiam dela. Eles também trabalharão juntos “para reduzir a crescente ameaça às administrações tributárias, causada pelas criptomoedas e pelo cibercrime”.

O chefe da Investigação Criminal da Receita Federal, Don Fort, disse à Forbes que uma iniciativa combinada era necessária, já que os esforços das nações isoladas não eram mais suficientes para enfrentar o problema em escala global. Ele continuou:

“O J5 tem como objetivo derrubar essas barreiras, basear-se nas melhores práticas individuais e tornar-se um grupo operacional com visão de futuro e pode pressionar a comunidade criminosa global de maneiras que não poderíamos alcançar sozinhos.”

Durante a primeira reunião do grupo, realizada na semana passada, o J5 delineou os planos e começou a planejar maneiras de rastrear os criminosos responsáveis ​​por tais crimes financeiros. Atualizações adicionais ainda serão anunciadas em 2018.

De acordo com o post no site da Receita Federal, o grupo J5 é uma resposta a uma chamada à ação da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico. A OCDE, constituída por 35 Estados membros e fundada em 1961, destacou anteriormente a importância dos países intensificarem seus esforços para combater crimes que envolvam impostos.

Siga o Criptomoedas Fácil no InstagramCLIQUE AQUI !!!